Really short collection

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Really short collection Empty Really short collection

Mensagem  Jaum em Dom 02 Maio 2010, 16:30

Não sei nem se isso seria contra as regras, não sei até onde algo é fic e quando deixa de ser. Se eu não puder postar esse tipo de historia eu tenho uma grande que é bem mais Fanfic.
Vou postar uma pequena coleção de historias e espero que gostem. ( eu escrevi todas, só pra constar). Se o post não for deletado posto mais segunda.




Comprei uma rosa. Não que eu goste, mas ela gosta do cheiro e da cor. Por ela eu compraria qualquer planta. Sorte minha que ela não usa jóias, pois deixaria de comer para comprá-las. Na ultima vez que a vi brigamos e ela me expulsou, disse que minha instabilidade era insuportável. Que meus segredos nos separam, e separam mesmo. Vou me despedir hoje, pedir desculpas e desejar que seja feliz, mas não vou dizer que a distância vai ser insuportável e vou vigiá-la das sombras. Seria injusto. Tenho um dever maior que a minha felicidade, um dever inegável que me seguiria até o inferno. Um destino que eu quero cumprir.
Quando cheguei ela estava ouvindo alto nossa música e eu aproveitei um pouco o lado de fora na brisa fria. O portão estava fechado, mas eu pulei como de costume e adorei não ouvir meus passos no cascalho. A porta estava encostada e uma luz amarelada passava pela fresta. Um cheiro diferente. Carne crua, não sei de que. E o perfume dela escapando junto com a luz. Mais forte que nunca. Cheguei perto da porta, a mão na maçaneta e o coração na boca. Cheiro de bolo. Não vinha de fora. Fui tomado pelo desespero e não tive nenhum cuidado ao entrar. A encontrei na sala, os olhos vidrados no teto, meu suéter velho vermelho de sangue, um pedaço de papel na mão. O rosto estava tão horrorizado que mal podia lembrar do sorriso dela. A garganta lacerada era uma tragédia por si só. Fiz a burrice de ir direto até ela, queria ler o que ela estava escrevendo...

“Sinto muito pelo que eu disse, espero que possa me perdoar.
Preciso te ver de novo, quero falar com você. To tão preocupada. Alguém andou procurando por você na cidade. Juro que não disse nada. Estou sentindo saudades, mas andei pensando e nos dois...”

Um risco mal feito foi sua ultima palavra para mim. A culpa foi minha, eu demorei a me afastar. A risada que ouvi quando a música acabou foi a ultima coisa que me lembro bem. Uma risada debochada que hoje eu uso num cordão. Depois da nevoa vermelha que tinha gosto e cheiro de sangue eu contei as cabeças. Sete dançarinos em dezenas de pedaços. Eu tinha um corte no estomago que ainda queima todos os dias.
Não carrego fotos, ela não tinha jóias e eu enterrei suas roupas. Uma cicatriz é a única lembrança física que tenho e agradeço ao escuro do céu todas as noites por ela ainda doer. Nunca tive tempo de avisar a família ou realizar os rituais que ela gostaria. Morreu como se fosse eu, com um soneto solitário como única homenagem e uma pira acesa por um relâmpago no tumulo. Posso ter esquecido sim o seu sorriso, mas o meu não existe mais.


Seth Anderson, Filho do Trovão
Ragabash, Senhor das Sombras

Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [ADM] Akira em Dom 02 Maio 2010, 19:54

Ola!
Pode sim , pode sim
E mesmo que alguem dos staff aqui fale alguma coisa , eu to do seu lado \o\
hushuashua
Sinceramente não tive tempo de ler ainda , mas assim que possivel eu lerei e postarei o que eu achei!
abraços \o

_________________
Really short collection Singakira1forum
[ADM] Akira
[ADM] Akira
Admin
Admin

Mensagens : 29
Reputação : 1
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [WM] Morgado em Dom 02 Maio 2010, 20:40

ai cara...pode sim ^^
você tem dois da adiministração do seu lado XD
posta mais....Eu gostaria de saber a continuação......se tiver XD
ficou bom ^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Jaum em Seg 03 Maio 2010, 05:33

Ok, vlw vou postar um agora. O problema é que não tem continuação, são historias realmente curtas mesmo, normalmente uma cena só. Ai vai outra.


Na proxima eu posto um menos ermetico por assim dizer.

As luzes piscando me deixam agitado, só consigo ver bem os semblantes femininos. Nenhuma interessa, estou a serviço e vou continuar assim. Perdi minha família a dois dias. Duas noites para ser exato. Meu alfa me implorou para que eu os abandonasse para salvar sua filha, um filhote passional e irritante. O beta não questionou, era eu, cheio de certeza sobre a invencibilidade dos companheiros.
Vi o ultimo deles morrer enquanto o ultimo algoz fugia. Tinha posto a menina em segurança e estava voltando para comemorar. Tive de jurar vingança olhando nos olhos de alguém a quem devia minha vida. Eu fiz os rituais sozinho, não deixei que ninguém ajudasse nem o filhote impertinente. Ela não tinha direito algum e mesmo assim queria estar perto. Eram minha família. Ela me obrigou a contar historias que faziam meu sangue ferver com a sede de vingança. Por isso estou aqui.
Ela está no carro tomando um sorvete de morango com aquela expressão esquisita no rosto. Os olhos bem escuros às vezes travados no nada às vezes fugindo das pessoas. Talvez esteja enlouquecendo. Não posso me dar a esse luxo. Segui a pista de um amigo, acho que o safado está se alimentando aqui. Vou para perto do banheiro feminino, só falta olhar lá. Tenho de checar lá dentro, não posso apurar a audição. Esperei uma garota passar e segui a brecha.
Ele não estava lá, mas passou por ali e estava perto. Sentia o cheiro de sangue e de gente morta. Segui o rastro que ele deixou. Saindo da festa vi meu carro vazio, meu coração disparou, suei frio. Atravessei a estrada de terra como se o diabo estivesse pisando em minhas pegadas. Me embrenhei no mato procurando qualquer um dos dois.
Um vulto no mato a minha esquerda. Era ele. Cada músculo nos meus ossos vibrava de excitação. Foi quando ela gemeu de dor, um gemido baixo e abafado. Tudo parou, queria ir atrás dele, mas minhas pernas disseram não para mim. Me levaram até ela num salto. A boca tapada, os olhos cheios de medo e uma mão tremula estendida para mim. Eu ouvia os passos dele se afastando, poderia alcançá-lo. Não iria, ela se abraçou a mim e eu tremi. Um arrepio estranho rasgava minha pele. Não era a excitação de tocá-la ou sentir o seu cheiro tão de perto.
Era impossível resistir a ela, era impossível porque eu não queria. Mesmo na escuridão com minha razão abalada pela fúria eu via melhor. Via através da minha cortina de mentiras injustas. Via o quanto era repulsiva a verdade. Senti vergonha, mas era pouco. O que eu sentia de verdade era pior e ela sentia o mesmo. “te amo” era só um sussurro, mas era tudo.
Daniel Strauss, Espírito de gelo
Philodox, Presas de Prata

Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [WM] Morgado em Seg 03 Maio 2010, 11:54

ai cara ficou show ^^
so uma pergunta.....o que é esses nomes e títulos que aparece em baixo de cada capítulo?
continua postando ^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Jaum em Seg 03 Maio 2010, 12:22

É disso que eu tava falando com hermético, são coisas que só quem joga"lobisomem: o apocalipse" vai saber.
Vou dar uma explicação rápida, a primeira parte" ragabash e philodox" são augurios, tio profissões. Philodox é o juiz e ele cuida das tradições dos lobisomens, as duas historias usam esse cenario, uma das tradições mais sagradas é que um lobisomem não pode ter filhos com outro porque esses filhos são considerados impuros e são estereis. Na segunda parte " presas de pratas e senhores das sombras" são tribos de lobisomens que tem as suas historias e tradições individuais.
Os senhores das sombras são tidos como manipuladores frios e calculistas. Já os presas de prata são uma tribo que presa pelos valores e pela pureza dos lobisomens e eles sendo os lideres de todos os lobisomens são um exemplo constante . A, outra coisa é o posto " cliath, Fostern, Adren, Athro e ancião" são a hierarquia dos lobisomens, nessa respectiva ordem eles tem mais poder e responsabilidade.
Espero ter esclarecido algo, posto um novo hoje de noite ou amanhã e prometo que não vai ser sobre lobisomens dessa vez.
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [WM] Morgado em Seg 03 Maio 2010, 12:37

Esclareceu sim cara ^^
mesmo eu tendo jogado muito RPG
não tenho uma memória tão boa assim pra nomes XD
continue postando ^^
eu com certeza vou ler todas ^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty My last aniversary

Mensagem  Jaum em Seg 03 Maio 2010, 14:13

Essa é bem fácil. Mas eu gostei( eu sei que minha opinião não vale muito nesse caso).


__Olhei para o relógio pela sexta vez. Dez para as onze. Ela ia chegar logo, mas eu já podia imaginá-la ali. As coisas perfeitamente arrumadas. Já tinha olhado cada cômodo mais de uma vez e cada vez mais a imaginava pela casa numa noite morna. Eu estava com muita fome, então ela parecia especialmente atraente. Eu a vi pela primeira vez numa noite morna. Tenho tido muita fome esses dias, principalmente a noite. A segui até esse apartamento nada seguro e ela nem me viu. Uma pessoa como ela não repararia em alguém como eu no meu Armani velho. Ela usava um perfume floral, mas o melhor cheiro era o do medo que só diminuiu quando ela viu a porta do seu apartamento. O coração dela cantava para mim como uma sereia.
__Ela está na porta agora, seu coração está cantando de novo. O cheiro de presa, de medo. Ela entrou e passou as seis trancas. Foi até o quarto deixando o casaco, a bolsa, umas compras, as chaves e o celular pelo caminho enquanto corria para um banho. Peguei o celular com calma e sem som. A sua foto me desconcentrava. Fazia minhas entranhas revirarem de nervosismo como as de um adolescente apaixonado. Eu a ouvi sair do banho e fui até o quarto, mas parei em frente ao espelho. De já vu. Aquela imagem no espelho parecia uma lembrança embaçada, faltava algo. Tirando o tom cinza eu não tinha mudado nada. Talvez os olhos agora incertos e medrosos.
__Não importava agora. Não importava aquela voz me pedindo para sair, não me importava que o medo dela tivesse sumido. Ela chorava quando eu entrei. Ela engasgou algo e o choro parou, eu estarrecido esperava que o medo voltasse e ela gritasse. Tempero perfeito. Não aconteceu. Ela ficou de pé e andou na minha direção solene e... e feliz eu acho. Seus olhos tão escuros nos meus tão claros, ela pôs os dedos no meu rosto e quem estava apavorado era eu. Ela abriu a boca, mas não disse nada. Hálito de menta.
__O coração parecia que ia explodir no peito, ela me abraçou deixando a toalha cair. Não pude me conter, retribui seus beijos e a joguei na cama. Não conseguia lembrar o que devia fazer, mas era tão familiar. Quase natural.Logo ela estava sussurrando no meu ouvido palavras que não faziam sentido. Sua mão no meu rosto, tão quente, tão macia.
__Seis horas para o sol nascer e ela sentiu medo de novo e eu senti fome de novo. Eu não tinha mudado nada e não deveria estar ali. Quando ela quis se afastar não deixei. Não queria. Os olhos dela me fitavam incrédulos enquanto eu nos aproximava do espelho cantarolando. Eu dancei, ela chorou e deitou a cabeça no meu ombro. De frente para o espelho eu fechei os olhos e as lembranças vieram à tona desconexas enquanto minha fome se esvaia nos gemidos dela.
__Lembrei de tê-la conhecido em um parque no centro da cidade tentando pegar um esquilo. Lembrei de tê-la consolado quando sua mãe morreu. Lembrei de assisti-la dormir até que o sol estivesse perto demais de nascer e a despedida fosse inevitável. Lembrei de amaldiçoar a mim mesmo por existir perto dela. Então o coração parou de cantar e eu abri meus olhos vermelhos para ver uma reprodução tétrica do dia em que me casei. Ela estava ainda mais linda hoje, mas não me prometia mais nada.
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Jaum em Ter 04 Maio 2010, 18:45

acho que eu vou fazer pirraça e postar só depois que comentarem...
ahuhauhauahuahuahu
Juro que eu posto mais ainda hoje, já tenho as historias dos próximos 5 posts feitas e depois de postar essas eu devo passar para fantasia ou aventura... mas quem sabe ?
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Jaum em Ter 04 Maio 2010, 19:57

___A ultima coisa de que me lembro é de uma dor forte na cabeça e esse gosto de moedas na boca. Agora tem toda essa escuridão e a minha barriga queimando. Perdi a noção de tempo, mas sei que dormi três vezes. Acordar é sempre estranho, cada vez mais. Um barulho na porta, eu começo a implorar por ajuda e tentar alcançar o som, mas encontro a porta fechada novamente.
___ Tropecei numa pessoa. Fiquei feliz por um segundo, mas a pessoa estava fria e imóvel. Rígida. Tão estranho. Estava coberto de algo viscoso com cheiro de ferrugem. Fiquei tonto, minhas mãos tremiam e meu estomago queimou mais forte. Não pude me controlar, agarrei aquele morto e mordi o que descobri ser o braço. Muito difícil passar aquela pele, mas passei. Mudei para o pescoço por ser mais perto do coração. Não tinha nenhum controle. Segui até terminar com cinzas na boca e nas mãos misturadas ao sangue.
___Senti uma vertigem forte e acho que desmaiei, quando abri os olhos estava claro, não de verdade, mas eu podia ver. A distância uma porta entreaberta, parecia uma masmorra de castelo ou igreja. Ao sair dei de cara com varias portas e uma escada. Ouvi alguém descendo e tudo ficou escuro de novo, mas eu estava acordado.
___Ouvi a freirinha perguntar se tinha alguém, quis me afastar e consegui. Ela me ouviu e fugiu, sorte nossa, mas agora eu tinha pressa. A luz voltou quando ela subiu e para minha surpresa não estava sozinho, havia pessoas naquelas celas. Olhos assustados no escuro, mas todos sabiam onde eu estava, olhavam para mim. Ninguém pediu ajuda, estavam com medo como eu. Senti que devia ajudá-los. Subi as escadas e vi a freirinha rezando.
Eu a puxei lá para baixo sem saber direito porque, a joguei no chão e ela parou de gritar e apenas chorava. Todos tinham se escondido. Abri as celas uma a uma, ninguém veio. Abaixei e ela misturava a reza ao choro, passei a mão por seus cabelos e ela tremeu chorando mais ainda, mordi, fui quase carinhoso. Ela gostou, mas não parou de chorar. Ela sangrou até desmaiar, percebi que eles estavam perto, esperando mortos de fome. Minha voz falhou, mas logo que me afastei dela eles se aproximaram, cheios de medo, mas não eram mais gente.


kras... comentem por favor... se tiver alguém lendo hauhauhauhauhauha
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [WM] Morgado em Ter 04 Maio 2010, 21:57

eu estou lendo o/
eu estou sempre lendo XD
devo falar que essa ultima foi minha favorita até agora XD
muito bom ^^
estarei ansioso para ler os outros^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Jaum em Qua 05 Maio 2010, 15:30

Continuando com os posts... mais um bem hermético a historia é a historia de um demonio, mas nem parece. Espero que não odeiem.


Um jovem negro estava saindo de um beco com mais uma dose. Vou chamá-lo de "eu" porque é assim que me lembro daquele dia quente e feliz. Não para mim, mas era. Eu me ressentia da felicidade das pessoas, do dinheiro delas e da nossa mediocridade, todos iguais, mas jogados em sarjetas diferentes. Injusto, não devia ser assim, por isso eu fugia com heroína, gastava assim meu pouco dinheiro.

Resolvi me arrastar para um lugar mais distante, tinha visto Rachel por perto e não queria encontrá-la enquanto estivesse "fora". Cheguei a casa a minha namorada, porta trancada, abri com a que tinha roubado e entrei sem cerimônia, afinal ia me mudar para lá logo. Ia mesmo, mas mudei de ideia quando cheguei a porta do quarto, ela gemia e gritava como quando estava comigo, mas não era eu na boca ou nas pernas abertas dela. Me irritei mais do que esperava.

Não foi nada bonito, passei na cozinha e voltei com uma faca grande que eu sabia usar muito bem, onde cresci eu precisava. Entrei quieto, mas me perceberam de cara e se esconderam atras daquela mulata bonita, Alana. Não fez muita diferença. Eu a tirei do caminho com um soco, não estava com paciência para delicadezas. Os dois tentaram fugir me empurrando, a faca ficou na virilha do mais afobado, enfiada até a lamina sumir na carne rasgada.

O outro não foi difícil, apesar de parecer, ele escorregou no sangue do outro e como suas mãos estavam molhadas escorregaram pelo meu pescoço. Eu o empurrei para a janela, mas ele se segurou e eu tive de empurrar o ensaguentado gritando para cima dele. Não deu certo na hora, mas quando eu avancei ele escorregou no sangue de novo e quase me levou com ele, mas acertei o rosto dele três vezes enquanto ele ainda se segurava na beirada.

Ele gritou ao cair e ela voltava a consciência. Pensei um segundo e soube que ela ia me entregar então a arrastei até a borda ainda torpe. Não tive coragem, resolvi injetar minha ultima dose na nuca suada que eu segurava, acho que deu certo e ela morreu. Me joguei pela janela, não podia voltar para casa nem para o apartamento que dividia com a Rachel. Não queria mais drogas, estava com vergonha de mim. Cai em cima do imbecil que joguei e isso me salvou. No necrotério, entre os corpos, eu nasci como um rapaz negro e a primeira coisa que eu fiz foi pegar aquela faca de volta. Isso sim foi bonito.

Hafriel , Malfeitor
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [WM] Morgado em Qua 05 Maio 2010, 19:25

Bom cara a história ficou legal...tenho algumas perguntas porque achei alguns pedaços meio confusos XD
primeiro....ele namora com a Rachel ou só mora com ela e namora a Alana?
segundo...Na cama era um menage a troix entre a Rachel a Alana e algum homem
ou erá dois homens avulsos com a Alana?
Só nisso que eu não entendi direito XD
e realmente não parece ser um demonio...
parecia mais alguma pessoa "normal"
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Jaum em Qua 05 Maio 2010, 19:34

o demônio conta a historia porque ele mora na pessoa normal que morreu e tem todas as suas memórias.
A Rachel nem aparece na historia era uma peça de um jogo que eu mal usei.
Ele mora coma Rachel, divide AP, mas namora a Alana.
Era um menage com a Alana e dois caras genéricos.
ainda vou fazer dois posts e depois começo pra valer em fantasia, mas já digo que vai começar confuso, mas conforme os posts forem sendo feitos muita coisa vai se encaixando ^^
PS: li o 17 de apolo, kd o 18 ??
Pss: To começando Ankh.
Psss: Serio que vcs tem yaio?!?!?!(se é assim que se escreve)
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty There was the Kid

Mensagem  Jaum em Qua 05 Maio 2010, 19:48

Entrei no galpão atirando, não podia perder tempo, afinal não queria virar comida de morto. Acertei os tiros estrategicamente, busquei cobertura, o primeiro a me alcançar virou churrasco, santo lança chamas. Já sabia o que iriam fazer, me antecipei e um deles esbarrou numa granada bem plantada. Que bagunça. Descarreguei as submetralhadoras em dois deles. Elas já deviam ter desistido, estavam lutando demais. Mais um me alcançou, os danados são rápidos, cruz e estaca. Não sei porquê, mas dessa vez funcionou.
Meus das metralhadores já estavam levantando. Lança chamas. A menininha que não mencionei antes esteve olhando aterrorizada tudo isso. Peguei-a e sai deixando minhas ultimas quatro surpresas de fragmentação. Do lado de fora encontrei um dos grandes. Não podia deixar ele me pegar. Descarreguei a desert eagle n testa dele. Corri para o carro torcendo para ninguém levantar e vir atrás de mim. Cheguei sem mais imprevistos, não tinham aparecido ninguém para me fazer de janta. Botei a menina no banco de trás e acelerei como se minha vida dependesse daquilo. E dependia.

_ Está bem menina? Eu perguntei quando parei num sinal.
_Não sei, cadê a mamãe? Ela perguntou choramingando.
_ Sua mãe não pode te ver agora, sou eu quem vai cuidar de você. Ta bom ?
_Tá bom, to com fome.

O seu sorriso pelo retrovisor foi uma surpresa. Sim, ela era minha filha, mas ainda não sabia. Um dia iria descobrir. A noite foi perfeita e eu fui ótimo. Quase perfeito. Só deixei passar uma coisa que eu não tinha como saber: Aquele sorriso não era dela.

_ Tem alguma comida pelo carro pode pegar o que quiser.
_Tudo? Ela era tão carinhosa e preocupada.
_Tudo. Disse só para agradar.




Essa é uma bem pequena, mas depois vou postar maiores. Bom, comentem ^^^
alien
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [WM] Morgado em Qua 05 Maio 2010, 19:53

eu to postando um do apollo por dia XD
como esse é um forum geral (para todos)
adicionamos todos os generos XD (isso inclui yaoi) mas sinceramente eu não curto muito mas Wathever....
e começar confuso depois fazer sentido é bem o estilo de Stephan King (meu maior idolo da literatura XD) então quanto a isso relaxa XD
como essas historias pequenas não possuem continuação eu preferi perguntar pra não ficar na dúvida...sabendo que possui continuação (ou algo semelhante a ordem cronologica de fatos)
e so vou perguntar quando for algo muito crítico ^^
Continue com o grande trabalho cara ^^
suas curtas de terror são muito boas....
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [WM] Morgado em Qua 05 Maio 2010, 19:57

Essa ultima ficou show
^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Jaum em Qua 05 Maio 2010, 20:51

eu cheguei a fazer uma versão em que a garota era um demonio... em outra um vampiro... em outra possuida por uma entidade qualquer... em outra nem era a garota... mas achei que não cabia a mim decidir... não mesmo então até onde eu sei eu naum sei de nada...
as minhas curtas de terror são muito pouco terror... mas eu achei que po-las em aventura naum ia ficar muito coerente...
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [WM] Morgado em Qui 06 Maio 2010, 14:39

realmente....mesmo sendo um terror light
eu ainda considero elas como terror.....Na melhor das hipóteses um drama XD
mas aventura ficaria meio fora do tema.
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Jaum em Qui 06 Maio 2010, 16:11

      A água pingando me dava nos nervos. Melhor seco que molhado era o meu lema, há duas horas ele era verdade. Agora soava como humor negro, molhado e na chuva era tudo que eu queria. Vesti uma jaqueta escura por cima da minha camisa vermelha e sai. Precisava. Ficar era loucura. Me senti vulnerável, as vozes não paravam na minha cabeça. Me senti irritado por não ver bem sob a chuva forte. Parei em uma lanchonete próxima, não consegui largar o hambúrguer e o refrigerante. Ainda. Terminei rápido meu lanche e paguei mais rápido ainda. Finalmente eu puder seguir adiante, a chuva parecia tão hostil, como se estivesse ali para censurar a minha felicidade. Fechando o céu noturno numa carranca indistinta.
     Talvez seja um consolo a final. Posso estar sendo escondido da lua cheia o que é bom de verdade. Não sei mais onde estou, nessa escuridão acabei andando demais. Sei que minha casa fica voltando o caminho que fiz, caminho esse que não lembro. Me concentrei no som molhado dos meus passos enquanto eu tentava lembrar do caminho. A chuva diminuiu um pouco mesmo assim era um barulho maldito. Eu podia sentir um nervosismo estranho que meus irmãos chamam de premonição, me sinto importante quando dizem isso.
     Ouvi tiros, não pude me mover. Não sabia para onde correr, nem de onde vinha o barulho. Não era medo, eu queria ajudar. Escolhi um caminho e segui, acertei. Normalmente acerto. Num beco sujo um rapaz magro com cara de que não dormia a dias estava com uma magnun 44 na mão e uma mulher sensual estava jogada perto dele. Dois tiros, iria viver eu acho. Avancei sobre ele, não consegui desarmá-lo de cara, mas bati a cabeça dele na parede. Ele atirou não sei quantas vezes e eu dei graças por ser forte como um touro, na verdade um pouco mais. Foi ai que tomado pela raiva eu comecei a sufocá-lo que o matei, eu acho.
          Tudo ficou escuro rápido demais e quando clareou senti aquela mulher me abraçando, talvez chorando no meu ombro. Devia ter sangrado bastante porque estava fria debaixo daquela roupa molhada. Tão fria. Ela disse que eu ia ficar bem e eu ficaria mesmo. Era só ela me dar um tempo sozinho. Depois eu ficaria feliz de recomeçar de onde paramos. Não tive esse tempo. Ela abriu a minha boca e me beijou, não que eu quisesse resistir, mas não conseguiria no momento.
    Senti gosto de sangue, talvez o pulmão dela estivesse perfurado como o meu. Então veio a escuridão. Veio o silencio. Veio a imobilidade completa. Fiquei agradecido quando abri meus olhos para ver o seu rosto. Estava escuro e ela me olhava preocupada como se tivesse duvidas de que eu estivesse vivo. A chuva tinha parado, mas eu ainda podia ouvir água pingando em algum lugar. Levei minha mão, nervoso, aos ferimentos a bala. Esse devia ser o motivo de ela estar preocupada. Não era, não estavam lá, ela se inclina sobre mim animada agora e feliz. Feliz e sorrindo. O sorriso dela disse tanto, mudei de idéia, melhor seco que molhado. Muito melhor

Lyon scotch, O Sem Alma
Ragabash, Ex- Peregrino silencioso
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [WM] Morgado em Qui 06 Maio 2010, 16:55

Lobisomens são fodas *-*
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Jaum em Qui 06 Maio 2010, 16:57

São
sou meio viciado neles
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Krieger em Sex 07 Maio 2010, 21:58

Terminei de ler tudo! Muito foda! Continue postando.

Que a Força esteja com você.
Krieger
Krieger
Membro
Membro

Mensagens : 49
Reputação : 2
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 29
Localização : Uma galáxia muito, muito distante.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Jaum em Qui 13 Maio 2010, 16:49

Aqui vai a historia de encerramento, ela é um pouco maior e eu tomei muito cuidado para ela não ir parar em adulto, então se vc não tem nem 12 anos acho que a sua mãe não quer que você leia isso. ( ouviu morgado ?)
É uma historia levemente diferente e um pouco menos dramática do que a maioria o que é bom pra relaxar.
Ps: narrativa em terceira pessoa= eu vou fazer merda...
Pss: essa é a versão sobrenatural, vou fazer uma tipo mais realista depois então se preferir nem leia essa. Serio.


        O céu noturno começa a clarear e as estrelas sumiam pouco a pouco. Perto do lago os passaros começariam a cantar e as flores a desabrochar, mas nada disso aconteceu. Na verdade nem os insetos faziam qualquer som, um medo primitivo silenciava tudo exceto um grupo de jovens que cantava e dançava e bebia no lugar errado.
         Eram seis no total. um rapaz alto e magro com um violão e uma voz bonita, Carlos, uma moça rica alérgica a roupas decentes e viciada em álcool, Mara, um casal preso na picape que levou o grupo para o lago com a música alta demais e ocupados demais, Dado e Patrícia, um lutador profissional incapaz de soletrar o próprio nome, Tailor e uma garota que ia se formar graças a sua pericia na arte da sedução e a sua bela forma.
        O lago ficava num parque bem grande bem no meio da cidade e era uma reserva florestal cheia de árvores nativas. Na beira do lago há uma cabana da guarda florestal e é lá que começa a historia. Jorge o guarda de 47 anos põe o uniforme e se apronta para acabar com a baderna dos jovens, ele preferia que seu parceiro tivesse feito isso, mas Tomy não respondia o radio a mais de meia hora. Saiu para a madrugada que morria irritado e não percebeu o silencio e nem a arma do amigo jogada perto da cabana e por fim não percebeu o homem que o seguia desde os primeiros passos. O guarda conseguiu alcançar a picape e já podia ver o casal subindo e descendo pelo vidro embaçado quando um estalo fraco o fez parar e virar. uma arma era engatilhada as suas costas e ele levava o sorriso calmo e treinado de anos no rosto quando a calma deu lugar ao desespero quando ele encarou o homem que o seguia, seu sorriso nunca deixou o rosto vivo do guarda.
        O homem não disparou, apenas cravou um sorriso afiado e largo no rosto do guarda rasgando a pele com a mesma facilidade com que mastigava os ossos. Era seu sorriso de resposta. O corpo morto de Jorge foi arrastado para um canto escondido porque ele não era comida, era uma pequena pedra que tinha sido tirada do caminho com carinho para não apressar os pombinhos.
        Enquanto isso Carlos exercitava sua falta de sorte amorosa assistindo Tailor de arrastar para as árvores com as garotas deixando o sozinho com a sua música. Na floresta ainda escura os três tinham encontrado um bom lugar para começar, as garotas dançavam juntas e Tailor quase se sentiu deixado de lado. Mas logo as mãos quentes e macias tocavam seu rosto e desciam enquanto os lábios vermelhos se aproximavam juntos.
                _ Em que bolso campeão? - elas tinham combinado para falar juntas
                _ No bolso do casaco. - ele respondeu devagar e não entendeu porque elas logo viram mais interesse uma na outra do que nele.
                _ Ei, meninas, eu to aqui.
                _ Mas o casaco tá na picape grandão.-ele xingou, chutou o chão e correu para a picape, mas as garotas não sentiriam a sua falta, estavam se descobrindo melhor sem ele.
        Carlos resolveu que merecia um mergulho para se esfriar e não viu ir a picape pegar o casaco e também não viu que ele não estava indo embora sozinho. Se fosse um pouco mais atento Tailor teria percebido algo de errado, mas ele não estava calmo como numa luta e só percebeu o problema quando deu de cara com um rosto branco e sujo de sangue. Normalmente ficaria horrorizado, mas nesse estado ele jogou o casaco e socou. Não acertou nada além do próprio casaco de couro negro.
                _ Ei otário, volta aqui e eu entorto seus dentes" - tailor falou alto girando sobre os calcanhares e não quis gritar porque parecia alguém com uma mascara e porque talvez ele tivesse bebido demais.
                _ Ei otário - a voz era uma imitação perfeita- Entorto deus dentes - Tailor virou irritado quando a ultima palavra debochada foi dita ao seu lado. Não pensou, não era bom nisso, num só movimento virou o corpo e aplicou um direto de direita e sentiu os ossos racharem contra um rosto de pedra que sorriu triste.
                _ Ei otário, gostei de você.- a voz parecia algo arrastado do submundo.
        Tailor queria recuar de medo, mas foi pego pelo pescoço tão forte que não conseguiu emitir qualquer som. Nem um raspar rouco. As mãos do homem pareciam feitas de diamante assim como o rosto que continuava esmagando os punhos que se jogavam nele. Eventualmente o monstro afrouxava para que Tailor pudesse lutar mais pela vida. Uma luta inútil que durou até a ultima música do cd que tocava na picape e era murmurada para o jovem agonizante. Só então, quando não havia mais luta o coração foi arrancado e devorado enquanto outro cd começava a tocar e o homem cantarolava de boca cheia.
        Poucos instantes depois Carlos viu Tailor sair do lago de casaco, pelo menos ele acreditou nisso e quando viu Dado e Patrícia saindo do carro sem roupas resolveu mergulhar mais fundo e mais longe.





........... termino depois ^^
Jaum
Jaum
Membro
Membro

Mensagens : 96
Reputação : 5
Data de inscrição : 02/05/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  [WM] Morgado em Sex 14 Maio 2010, 09:35

Muito bom O.O
quero ler a continuação logo XD
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Really short collection Empty Re: Really short collection

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum