Turn Back, Please

Ir em baixo

Turn Back, Please Empty Turn Back, Please

Mensagem  ThaYuu em Dom 01 Ago 2010, 01:29

Nossa! Já faz alguns meses que não posto aqui no fórum >.< finalmente surgiu um tempinho! Essa é uma fic romântica e dramática que fiz de um casal do D.Gray-Man, Lavi e Miranda. Espero que gostem.

Nome da Fic: Turn Back, Please
Gênero: Shoujo, drama
Animê/mangá: D.Gray-Man
Censura: 12+
Ficwriter: Pâmella Thayanne
Data: 26/04/2010
Prólogo: Tendo a vida da sua pessoa amada em suas mãos. Tendo o direito de escolher entre sua permanência entre os vivos ou os mortos. Bem, na verdade não é um direito de escolha. Por mais um instante gostaria poder olhar em seus olhos, para descravar essa profunda tristeza que cai em suas lágrimas.

ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turn Back, Please Empty Re: Turn Back, Please

Mensagem  ThaYuu em Dom 01 Ago 2010, 01:35

Sangue

Era o que caia ao chão. Era perturbador o modo como as gotas rubras manchavam aquele solo arenoso. Elas deciam pela sua face antes sempre alegre demonstrando sua vitalidade, agora machucada e mostrando como estava abatido.

Olhar

Me fitando com os olhos cansados, aqueles orbes verdes estavam tão apagados... Perdendo aquele maravilhoso brilho que era minha alegria pelas manhãs. Pude notar a crescente lentidão em seu piscar. Por favor, continue olhando para mim.

Sorriso

Continuo surpreendida com a sua capacidade de continuar sorrindo, mesmo na situação que se encontra. Não sei porque, mas, este sorriso continua a me confortar, apesar de tudo. Sempre que estava melancólica, você sempre surgia como se do nada para me mostrar essa expressão, me alegrando. Você não muda mesmo...

Palavras

“Não chore! Não precisa se preocupar comigo.”, foi o que acabara de me dizer. Mas como posso não chorar se seu corpo ferido está em meus braços? Como posso não me preocupar com isso?! Não tente me enganar! Você mesmo sabe o que vai acontecer... Infelizmente.

Ação

Não posso continuar a olhá-lo assim. Está me machucando. Só de vê-lo desse jeito, sinto como se uma lança atravessasse meu peito. Gostaria de evitar o que está por vir. Não. Eu certamente irei evitar. Não se preocupe, Lavi.

Milagre

Oh, Deus! Obrigada! É muito bom ver que está dando certo! Os ferimentos estão sumindo, as manchas de sangue desaparecendo. Eu irei trazê-lo de volta para mim! Estou determinada a fazer algo desse jeito! Não posso deixá-lo perder a vida.

Toque

Sua mão está acariciando minha face. Como essa sensação é agradável... Sinto que é a primeira vez que a tenho. Enxuga minhas lágrimas e novamente esboça seu conhecido sorriso. “Como você é forte”, elogiou-me. Obrigada.

Cansaço

O cansaço já está tomando conta de mim. Sinto meu corpo pesado, como se estiveste prestes a desmaiar... Não. Não posso me entregar a exaustão! Se eu fizer isso você vai... Argh! Como isso é possível? Eu não sou forte o suficiente para que permaneça ao meu lado?

Beijo

Antes que eu pudesse novamente cair em lágrimas, senti uma doce sensação em meus lábios. Eram os seus pousados sobre os meus. Magnífico. Aquilo certamente impediu que a dor rolasse novamente pela minha face.

Lágrimas

“Eu te amo”, ouvi. “Eu também”, falei. Aquela era a verdade, é uma tristeza elas terem sido pronunciadas naquele momento. Finalmente dei-me conta do que realmente iria acontecer. Eu não posso mudar o destino. Daqui a pouco iria estar cansada demais para continuar com a recuperação do tempo. Meu rosto esquentou pelas linhas finas do encharque das gotas de tristeza.

Pesar

O que eu fiz de errado em minha vida? Porque tudo tem que acabar assim? Não podemos simplesmente voltar juntos para nosso lar? Porque todas as coisas ruins acontecem apenas comigo? Porque? Oh meu Deus! Agora percebo como sou inútil! Tenho sua vida na minha mão! Eu tenho o poder de continuar a olhá-lo e você a viver. Ao mesmo tempo, tudo é passageiro. Sinto como se isso fosse uma maldição, ao contrário do que todos dizem.

Conforto

Afagou meus cabelos, entrelaçando seus dedos aos meus fios e guiando minha cabeça até seu peito. Ah, eu realmente sentiria falta de todo esse carinho, desse conforto... “Não se preocupe, pode desativar a innocence”. Não! Não posso! Se fizer isso... “Tudo bem. A única coisa que você pode fazer por mim é continuar sua caminhada. Não precisa de mim” Sim, eu preciso. Não fale como se não. “Precisa mesmo? Você quer realmente fazer algo por mim? Me salvar?” Claro! Não vou perdê-lo!

Decisão

“Então desative. Vai estar salvando a minha alma.” Não posso fazer isso! “Sim, você pode” Mas não quero! “Faça isso por mim, como se fosse meu último pedido. Sim, esse é o último” Mas... ”Shh... Não fale mais. Desative. Tudo vai ficar bem, eu prometo”

Adeus

Depois de muito lamentar, finalmente atendi ao seu desejo. O que seria o último. Desativei. Chorava, chorava e chorava ainda mais a cada momento, pois sabia que eu não era forte o suficiente. Porém, você é insistente demais, antes que tudo aquilo acabasse, falou “Não se lamente pelo destino dos outros, não é algo que alguém possa mudar. Você é forte, Miranda. Guarde-me em seu coração, é a única forma de me manter vivo. Eu sempre te amei”. Essas foram as últimas coisas que pude escutar antes de você finalmente partir. Lavi, me perdoe.

Sempre

Eu o amava muito para poder esquecê-lo, então não o fiz. Você ainda vive dentro de nossos corações, em nossas mentes. As lembranças boas de quando éramos uma equipe permanecerão. Não se preocupe, pelo menos irei cumprir minha promessa. Já salvei sua alma, assim como disse. Agora tenho que mantê-lo vivo dentro de cada um de nós. Não pense que não irei mais amá-lo. Esse sentimento se intensifica a cada dia, quando percebo o quão maravilhoso você foi em vida. Eu sempre irei lhe amar.

***
ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum