[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain

Ir em baixo

[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain Empty [FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain

Mensagem  ThaYuu em Ter 13 Abr 2010, 18:35

Yoo minna!!! Meu 1º post no fórum *.* uhu! Essa é uma das minhas fanfics yaoi que escrevi do animê/mangá D.Gray-Man. Bem, o casal da fic é Yullen (Yuu/Allen) Espero que gostem ^^
ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain Empty Capítulo 1

Mensagem  ThaYuu em Ter 13 Abr 2010, 18:37

Prólogo: a convivência de tanto tempo fez acender algo dentro de seu coração. O que não imaginava era que, um dia, teria que se separar de sua pessoa afeiçoada. Agora, está correndo atrás, tentando de todas as formas não separar seus fortes laços.

Capítulo 1

Allen Walker estava descansando sobre sua cama. Apesar do dia ainda não ter amanhecido, o garoto não conseguia dormir. Pensou que poderia ser o que havia ocorrido mais cedo, quando Komui Lee lhe chamou à sua sala...
“Allen: Komui-san? Me chamou? (dizia fechando a porta do escritório)
Komui: Hai, Allen-kun. Sente-se.
Allen: (senta-se) O que houve?
Komui: Tenho uma coisa muito séria para falar com você.
Allen: Como o que?
Voz: Você será transferido à Divisão Asiática.
Allen passou seus olhos por todo o cômodo para saber de onde a voz era oriunda. Encontrou no canto da sala uma pessoa. Bak Chang.
Allen: Bak-san?!
Bak: Allen-kun. Isso realmente é verdade.
Allen: Demo... Doushite? Qual a necessidade que há para me transferirem?
Komui: São ordens da Central. LeVerrier nos repassou mais cedo.
Allen: Mas qual o motivo?
Bak: É sobre a ‘canção’. Como você sabe, você tem o poder de controlar a Arca. O que sabemos é que apenas um indivíduo denominado como ‘O Músico’ é o único apto a ter o controle sobre tal artefato.
Komui: Também temos consciência de que o tal ‘Músico’ tem relação com os Noahs. Eles já estavam lhe mantendo em custódia através do jovem Howard Link, mas desta vez eles decidiram que seria melhor para você ir para a seção asiática.
Allen: Nani? Eu não posso acreditar nisso! Como podem tentar me afastar de meu lar? Até agora não vejo nexo nessas ordens! (exaltou-se levantando-se e pondo as mãos sobre a mesa do supervisor)
Komui: Acalme-se, Allen-kun. Realemnte há algo errado em toda essa história. Pena que ainda não descobrimos. De fato é muito estranho tentarem enviá-lo para outra seção só por conta de uma possível relação com o clã Noah. Não iria fazer diferença alguma em permanecer aqui. Acho que estão tentando afastá-lo por causa... Gomen ne, sinceramente não faço idéia.
Bak: Allen-kun. Komui-san está certo. Tentaremos ao máximo investigar sobre isso. A boa notícia é que sete seções reconhecem a falta de coerência das ordens de LeVerrier. Infelizemente só três irão se aprofundar nisso.
Allen: (sentando-se novamente)Tudo bem que é muito estranho, mas precisa de tudo isso por mim?
Bak: Não confunda as coisas, Allen-kun. Não é apenas por você. O maior fator é que todos desconfiamos de LeVerrier. Não é só de agora, é desde muito tempo atrás.
Komui: Tempos antes até mesmo de Lenalee ser trazida para cá.
Allen: ... E quais as seções que se convocaram?
Komui: Contando com as nossas duas, tem mais a da Oceania.
Allen: ...Então, não tenho escolha, certo?!
Bak: Infelizmente não, Allen-kun.
Komui: Sabemos que, por morar aqui a cerca de dois anos, considera esse lugar como seu lar, mas se agirmos contrário às ordens, poderemos todos pagar por isso.
Allen: Entendo, Komui-san.
Bak: Você partirá antes do amanhecer. Esteja de pé às cinco.
Allen: ...
Komui: ...Mas olhe por um lado bom, Allen-kun! (tenta mudar o clima do ambiente, que por sinal estava demasiadamente pesado) Você poderá nos visitar! (fala baixo) Quando o LeVerrier-baka deixar ¬¬.
Allen: Arigatou Komui-san, Bak-san.
Bak: Bem, acho que já está na hora de voltar. O barulhento do senhor Won não vai me deixar dormir essa noite porque vai ficar pegando no meu pé perguntando ‘onde estava?’ ‘fazendo o que?’ ¬¬
Komui: Ah, Bak-chan, e você deve explicações a ele?
Bak: Não me chame assim! E é claro que não devo! Ele que é muito chato ù.ú Humph!
Komui: Sei...
Allen: ...
Komui: Bak-chan, venha aqui um instante.
Bak: Acho que você é surdo ¬¬ (aproxima-se)
Komui: (sussurra algo no ouvido de Bak) Tudo bem?
Bak: Não vai contra as ordens, mas... Acho que não há problema.
Allen: O que?
Komui: (falando energéticamente) Allen-kun!!! Eu sei que está tristinho, mas como eu conheço bem você e certamente irá ficar deprimido...
Allen: O que quer? ¬¬
Komui: Vou lhe dar a chance de levar alguém com você!
Allen: ‘Levar alguém’? Como assim?
Komui: Pode escolher um amigo para lhe acompanhar.
Allen: Posso mesmo?! (perguntou com certa alegria, saltando da cadeira)
Komui: Hai, hai!
Allen: Pode ser... qualquer pessoa?
Komui: Qualquer pessoa MENOS a Lenaleeeeeeee!!!!!! (exaltou preocupado)
Bak: - Lenalee-chan... - *¬*
Komui: No que está pensando, Bak Chang-chan?
Bak: N-nanimo ^^’ hehe
Allen: (dá um despercebido sorriso) ^^
Komui: Bem, Allen-kun. Já está anoitecendo e você terá que partir ainda de madrugada... Se for levar alguém com você, acho melhor conversar com a pessoa o mais rápido. Eu sei que foi tudo muito repentino, mas...
Allen: Tudo bem, Komui-san. Novamente eu agradeço vocês!”

Sim, o que lhe perturbava realmente era aquilo. Mas novamente ficou pensativo por mais um instante.
Allen: - Se posso levar alguém... Então eu poderia falar com essa pessoa, mas... Iie. Ela nunca iria parar para me ouvir. Nunca. Ótimo. A única chance que tenho para poder estar ao lado dessa pessoa não vou poder aproveitar por causa da falta de compreensão dela... –
Uma expressão entristecida tomou conta da face do jovem que se pôs a levantar e seguir na direção da porta de seu quarto.
ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain Empty Re: [FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain

Mensagem  ThaYuu em Ter 13 Abr 2010, 18:40

Capítulo 2


Allen: - O que será que o pessoal está fazendo agora? – (perguntava para si enquanto saia de seu quarto) – Que pergunta besta... Claro que estão todos dormindo ¬¬ -
O jovem Walker se pôs a andar até o final do corredor. Seguiu até a escada, mas antes que pudesse pisar no primeiro degrau, ouviu alguém chamar-lhe.
Voz: Oi, Moyashi. O que está fazendo aqui?
Allen: (vira-se e avista Kanda) Kanda...?!
Kanda: Não, o Baka Usagi ¬¬ (aproxima-se) Claro que sou eu, baka u.u
Allen: ¬¬’ BaKanda.
Kanda: O que está fazendo aqui a essa hora da madrugada?
Allen: Idem.
Kanda: ... Não é do seu interesse u.u (vira o rosto)
Allen: Idem.
Kanda: Vai ficar só falando a mesma coisa, é?!
Allen: Eu estou indo beber água. A minha jarra ficou vazia, hehe ^^’ (sorriu e coçou a nuca)
Kanda: Idem u.u
Allen: Honto desu ka? Então vamos juntos pegar mais.
Kanda: Eu não preciso da sua companhia! (desce as escadas)
Allen: Oi, BaKanda! Matte o!!! (segue o garoto)
Kanda: (para no meio da escadaria e olha por entre os ombros) Vai me seguir, Moyashi?
Allen: Não vou segui-lo! Mas vamos ao mesmo lugar, baka!
Kanda: Moyashi baka, fica chamando os outros de baka!
Allen: Você também!
Kanda: Humph! (vira-se novamente e continua a descer)
Allen o acompanhara até um dos corredores na passagem até o refeitório. Kanda parou alí, faltando ainda passar por alguns compartimentos até a chegada a seu destino. Allen parou logo atrás do moreno, como se estivesse esperando que o mesmo voltasse a andar, mas este não o fez.
Allen: Kanda?
Kanda: ... (vira-se) Você está estranho, Moyashi. Não está tão irritante como sempre.
Allen: ¬¬ Ah. Que bela observação.
Kanda: Eu me enganei. Você continua irritante! (insinuou que iria voltar a andar)
Allen: Matte o! (implorou erguendo a mão esquerda) ...
Kanda: O que houve?
Allen: (encosta-se na parede) É que...
Kanda: (cruza os braços e se põe frente ao amigo) “É que” o que?
Allen: Ultimamente vem acontecendo algumas coisas que estão me perturbando, só isso.
Kanda: Que tipo de coisas?
Allen: Você sabe, toda aquela vigilância da Central e aquela história de Músico, décimo quarto... (dizia abaixando a cabeça e o tom de voz)
Kanda: ... É isso que está te perturbando? Faça-me o favor! Isso só incomoda os fracos!
Allen: (ergueu a cabeça) O que disse?
Kanda: O que eu estou dizendo é, se você fosse mais forte não estaria se incomodando com pouca coisa! Você tem que crescer, Moyashi! Não suporta uma pressãozinha de nada e já está aí pelos cantos choramingando?! Ha! Patético! (usou um tom meio agressivo e fechou os olhos como o de costume para demonstrar sua falta de atenção)
Allen: Como pode falar isso? É porque você não está na minha pele! Não sabe como é difícil!
Kanda irritou-se com o garoto, tampando-lhe a boca com uma das mãos e pondo a outra livre na parede, por cima de um dos ombros de Allen. O mesmo se assustou com a atitude com companheiro, dando assim um suspiro abafado.
Kanda: Difícil? Ha! Você não sabe o que é difícil nessa vida! Você tem muito o que aprender ainda, Moyashi. Não vá dizendo as coisas como se soubesse de tudo quando não sabe de nada!
Largou-o alí. Allen permaneceu assustado com o ato repentino do amigo. Seus olhos acompanharam as costas de Kanda que se afastavam. Olhava meio entristecido, cabisbaixo. O moreno realmente havia se irritado. Allen abraçou o próprio corpo que pedia o abraço de alguém. Deu meia volta e se pôs a voltar para o quarto, deixando de lado o que deveria ter feito. Antes mesmo que pudesse chegar à escada, sentiu um leve puxão em sua alva camisa. Virou-se.

***

Nee minna! Espero que estejam gostando da fic ~^^~ comentem ok?! Assim que houver comnts, posto os dois últimos caps (fic pequena, comparada a outras minhas... ¬¬')
ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain Empty Re: [FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain

Mensagem  [WM] Morgado em Qua 14 Abr 2010, 09:43

Eu, infelizmente, não posso falar muito sobre a historia.
Vi, somente, os cinco primeiros episódios de D-Gray-man..
Então fiquei meio perdido em relação aos personagens.
Então vou tentar falar o que eu achei em relação ao que eu vi^^
Primeiro...Muito bom o domínio que você possui da linguistica, usando termos em nipônicos corretamente em algumas partes, não sei se você tem algum estudo nessa lingua( eu tenho XD) e você usou corretamente em todas as vezes que usou.
Segundo...Seu jeito de escrever me lembra muito um amigo meu...Então achei interessante como você consegue deixar aquele gostinho de "quero mais" na história e como planejou a historia (pelo desenrolar não parece que isso foi feito em um estalo , como acontece muito comigo, mas que foi algo previamente "calculado") Post os outros^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain Empty Re: [FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain

Mensagem  ThaYuu em Qua 14 Abr 2010, 16:32

Nossa, Moragado-san, fiquei muito feliz com o seu comentário! Obrigada pelos elogios \^^/ Ah, eu nunca estudei japonês, mas gosto muito da língua e da cultura desse país então tento ao máximo aprender, sou meio autodidata até. Quando fui ao Japão fiquei na casa dos meus tios e então prestei bastante atenção ao que eles diziam, escreviam (domino o katakana, mas já o hiragana... me confundo ainda)... Digamos que eu fiz um Curso Relâmpago hauahua ^^ Ufa! Ainda bem que eu usei corretamente os termos ^^' E sim, eu realmente gosto de deixar esse tal "gostinho" de quero mais haha! Então, já que pediu, vou postar os dois últimos capítulos da fic! Espero que goste ^^
ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain Empty Re: [FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain

Mensagem  ThaYuu em Qua 14 Abr 2010, 16:45

Capítulo 3

Kanda: - Mas que garoto imprudente! Faça-me o favor! Como pode se deixar levar pela baixa-estima com essa razão fútil?! É por isso que odeio gente como ele! Só sabe ficar pelos cantos, não tem iniciativa, se esconde e isola quando está em uma situação desconfortante... – (parou de andar) – Se isola... Esconde... – (as palavras repetiam em sua mente como em um infinito eco) - ... Como você pode ser tão fraco assim? - (cerrou os punhos) Mas que droga, Moyashi! (reclamou em um murmúrio) Tsc!
Virou-se. Andava impaciente até o final do corredor que dobrara anteriormente. Viu aquela figura se afastar. Apertou o passo para se aproximar mais rapidamente. Estendeu a mão direita e segurou uma parte da camisa de Allen. O garoto virou-se e o encarou meio surpreso.
Allen: ...Kanda...?!
Kanda: ... Para onde pensa que está indo, Moyashi?
Allen: ...
Kanda: Você não ia buscar mais água? E então? Desistiu?
Allen: Kanda... O q-
Kanda: Você desiste tão facilmente assim até de coisas pequenas que você pode considerar insignificantes? Vou te dizer uma coisa. NADA é insignificante nessa vida! Pelo menor valor possível que possa ter, TUDO tem uma importância! Não deixe uma depressão idiota dessas fazer você abandonar seus princípios e objetivos! Você tem que correr atrás do que quer! NUNCA abandone suas metas. Nunca! Ouviu bem, Moyashi baka?
Arfava. Depois do falatório descomunal, o moreno estava ofegante, tentando recuperar o ar. Claro, fazia seu discurso usando um tom intrigante e firme, falando rápido mas compreensível. Kanda realmente sabia falar devidamente quando queria. Mas o jovem Walker olhava tudo aquilo assustado. Bem, é iminente a surpresa do garoto já que o companheiro sempre era de poucas palavras. Ainda meio chocado diante da fala do outro, conseguiu perguntar:
Allen: G-gomen ne, Kanda. Demo… Onde a água se encaixa nisso? (coçou a cabeça com uma expressão de confusão)
Kanda: 0.0 MOYASHI BAKA!!!!!!!!!!! Ò.Ó NÃO ENTENDEU NADA DO QUE EU DISSE???
Allen: Entendi... Eu acho... Mas é que nunca pensei que me daria um sermão desses por causa da água que deixei de pegar...
Kanda: (pôs a mão que segurava a camisa do outro no rosto) Você é muito idiota mesmo, hein?!
Allen: Desculpe, entendo sua intenção e acho válida, mas... Para mim, nesse momento, não tem mais porque eu correr atrás das minhas metas. Todas elas estão muito distante agora... Não tem mais jeito de alcançá-las. Gomen.
Kanda: O que está dizendo? E porque pede desculpas a mim?
Allen: (olhou para o lado) O que você faria se... Se...
Kanda: “Se” o que?
Allen: Tsc! Esqueça, não é importante. E se quer tanto assim que eu vá buscar a água, vamos logo! (forçou um sorriso e se pôs a andar novamente em direção ao refeitório)
Kanda: ... (seguiu o garoto)
Allen: Sabe, por um momento me passou à cabeça que o motivo de estar insistindo tanto que eu vá com você é porque está com medo! Haha! (brincou com tom sádico)
Kanda: Nani? Mas que diabos está dizendo? (cerrou o punho)
Allen: Brincadeirinha, “machão”! Haha \^^/
Kanda: ... Você não gira muito bem da cabeça, não é?!
Allen: ... (parou frente a porta do refeitório) Não, não giro. E é por isso que eu...
Kanda: (pronto para ouvir) Sim?
Allen: (olhando para baixo e com a voz no mesmo tom) Eu gostaria muito poder...
Foi interrompido pela porta que se abriu violentamente fazendo um estrondo ao se chocar contra a parede. Allen deu um salto para trás e fazendo uma expressão de susto. Kanda também ficou meio abismado com o que via alí dentro.
Voz: ALLEN-KUN!!! SENTIREMOS SUA FALTAAAAA!!!
Allen e Kanda: 0.0 0.õ?
Todos os integrantes da Ordem estavam alí, presentes no interior do lugar. Alguns tentando forçar sorrisos, outros despencando em choro. Faixas por todo o teto alto do local escrito “Você é muito especial para nós” ou “Nunca se esqueça de seus velhos amigos” e até mesmo “Visíte-nos quando puder!”. Lenalee e Lavi estavam na frente da multidão segurando um grande e ornamentado bolo. Uma gota ameaçou escorrer pelo canto dos olhos da garota. Lavi estava soluçando e com o nariz vermelho.
Lavi: Allen-kuuuun!!! *snif *snif
Lenalee: Venha cá, Allen-kun! (forçou um sorriso)
Allen: ... O q-
Komui e Bak haviam surgido ao lado do garoto, cada um segurando um de seus braços. Allen olhou para os dois.
Komui: Allen-kun.
Bak: Não vai até lá?
Allen: ...
Lenalee e Lavi passaram o grande bolo para Bookman e Reever. Agora estavam com as mão livres para erguê-las e aguardar um último caloroso abraço do amigo Allen Walker. O exorcista de cabelos prateados esboçou um sorriso acompanhado de certa tristeza. Komui e Bak o soltaram e deixaram que o mesmo corresse na direção dos companheiros.
Allen: Minna!
Fora um abraço coletivo. Nesse momento NINGUÉM havia segurado mais a tristeza. Todos choravam incessantemente. Soluços altos e alguns gemidos escapavam daqueles que sentiam a sensibilidade tocar seus corações. Kanda assistia a tudo aquilo meio confuso ainda, mas compreendeu enfim que aquilo se tratava de uma despedida. Olhou para Komui.
Kanda: Porque não me avisou nada, Komui?
Komui: Kanda-kun? Gomen, demo...
Kanda: Iie. Não era preciso mesmo. (virou-se e seguiu para o lado de fora)
Komui: - Kanda-kun... –
***
Já estava na hora de partir. Allen havia preparado suas malas, guardando todos os pertences cuidadosamente, sem esquecer de qualquer um. Seguiu até o lado de fora da colossal construção da sede da Ordem Negra, uma carruagem o aguardava. Desceu o primeiro degrau em direção contrária a de seu coração. O sol ainda não havia nascido. O céu estava coberto de nuvens que poderiam desabar a qualquer momento. E foi o que fizeram. Allen sentiu algumas gotas d’água tocarem-lhe o rosto. A medida que se aproximava da condução, a chuva caia mais brutalmente. Agora estava correndo para chegar mais rapidamente e não poder se molhar tanto. Antes de entrar, virou-se e pôde contemplar pela última vez, aquele lugar onde cultivara amizades tão importantes. O mais triste era que, iria deixar para trás a razão de seu contínuo sorriso.
ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain Empty Re: [FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain

Mensagem  ThaYuu em Qua 14 Abr 2010, 16:56

Capítulo 4 [FINAL]

O sol estava coberto por uma grande nuvem negra que descarregava uma chuva violenta. Apesar da negritude do céu, já era quase nove horas da manhã. Em seu quarto, Kanda terminava de por os últimos botões de seu manto negro com detalhes rubros. Amarrou o rabo-de-cavalo no alto da cabeça, como o de costume. Caminhou até a porta do quarto e parou frente ao espelho antes de abrí-la. Desamarrou os longos cabelos negros e jogou o prendedor na cama, como se aquilo o estivesse incomodando. E estava. Balançou as medeixas para que os fios tivessem queda uniforme. Deixou o quarto. Aquela manhã estava sendo irritante demais. Apertou o passo.
Kanda: - ... Kuso, a essa altura ele já deve ter ido. Sim, certamente já partiu. – (desacelerou) – Já partiu... –
***
Kanda estava frente ao jardim da Ordaem, castigado pelo inverno londrino. Sentado em um daqueles bancos de descanso em uma parte coberta do lugar. A chuva caia incessantemente, formando minúsculas crateras ao se chocar contra o solo. A expressão de sempre estava em seu rosto, demonstrando frieza e auto-controle. Porém, não era aquilo que realmente estava sentindo. Em seu interior uma turbulência o controlava. Gostaria de descobrir a razão daquilo. E descobriu. Tinha plena consciência do que estava causando aquilo tudo. Não queria aceitar.
Kanda: ... Ele já não está mais aqui, não preciso continuar me preocupando com isso...
Fechou os olhos e suspirou. Ao abrí-los novamente, pôde ver uma figura correndo entre as árvores, na sua direção. Assustou-se quando conseguiu identificar o indivíduo. Incrédulo, levantou-se abruptamente e murmurou:
Kanda: Uso!
Voz: KANDA!!!
Kanda: O QUE ESTÁ FAZENDO, MOYASHI???
Sim, era Allen Walker quem se aproximava velozmente por entre aquele jardim. Kanda pulou a pequena cerca branca que ficava frente ao local onde estava, separando o jardim. Correu de encontro ao companheiro.
Kanda: VOCÊ É MALUCO??? ESTÁ IGNORANDO UMA ORDEM!
Allen: Eu sei! (parou frente a Kanda, ofegante)
Kanda: (também ofegante) Mas o que é que você tem nessa sua cabeça? Aposto que nad-
Allen: Kanda! Eu não poderia ir embora! *arf Quando estávamos para chegar à fronteira, eu pedi para que *arf o colcheiro parasse e então vim correndo para cá! (ajoelhou-se no gramado, exausto) Argh!
Kanda: Você o que?! Veio correndo até aqui?! (abaixou-se) Mas você não gira bem mesmo!
Allen: Sim, *arf eu não giro bem. É por isso *arf que eu...
Kanda: Novamente não vai terminar essa frase!
Allen: Vou sim! (tomou fôlego o suficiente para não arfar nessa frase) É por isso que EU TE AMO!
Kanda não podia acreditar no que ouvira. Teria escutado corretamente? Pensava nas palavras.
Kanda: O-o que est-
Allen: Kanda! Você mesmo disse que não posso desistir de meus objetivos! Eu não poderia ir embora sem antes dizer-lhe isso!
Kanda: Você...
Allen: Eu te amo, Kanda! Eu te amo! (chorava) Gomen! (segurou o rosto)
Kanda: Oi, Moyashi! (pôs as mãos no ombro do exorcista) Porque esta pedindo desculpas?
Allen: Desculpe por sentir o que sinto! Eu sei que... Não é o que voc-
Seus lábios foram envolvidos pelos de Kanda. O moreno estava demonstrando o que achava de tudo aquilo. Allen ainda estava surpreso com o que estava acontecendo. Resolveu deixar-se entregue ao delicado beijo que estava recebendo. Havia tenor e carinho em cada movimento que exerciam. Aquilo era realmente magnífico. Pausaram para tomar fôlego. Kanda olhava-o docemente.
Kanda: Não precisa se desculpar por isso, Moyashi. Senão eu também deveria pedir perdão.
Allen: ... Kanda... (abraçou-o) ...
Kanda: Você disse que me ama, certo?!
Allen: Hai.
Kanda: Então deixe-me dizer que também lhe amo.
Allen: Não precisa. Eu já sei.
Kanda: Sim, você já sabe...
Debaixo daquela chuva permaneceram. Não se preocuparam com o que a Central iria achar da fuga de Walker. Não no momento. Sabiam que poderiam resolver aquilo. Juntos. Já não era mais uma desconfortante tempestade. Havia virado mais um componente de um cenário romântico. Claro, porque é a chuva que faz o laço entre o céu e a terra, assim como um beijo é o elo entre os corações.

***
ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain Empty Re: [FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain

Mensagem  ThaYuu em Qua 14 Abr 2010, 16:59

E então pessoal. O que acharam da fic??? Espero que tenham gostado ^^ Nossa, entre todos os casais yaoi de todos os animes... Eu AMOOOOOO Yullen *¬* huhu tenho muitas fics deles! \*.*/ se gostaram de Amai Ame, comentem por favor! Ficarei super feliz! Até outra fic! Bjs ;***
ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain Empty Re: [FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain

Mensagem  [WM] Morgado em Sab 17 Abr 2010, 23:17

Bom.....falando novamente...não posso comentar muito a historia porque não conheço..XD
e sinceramente não sou fã de yaoi XD....então vamos aos detalhes em que eu posso opinar mais livremente XD
primeiro....vc foi ao japão?!? (que inveja *-*) eu faço curso de japones a uns dois anos e meio....e pretendo ir para lá fazer meu mestrado ou doutorado ^^
ta...mas vamos a parte construtiva XD
você é bem meticulosa ( chutaria que você é uma virginiana...não que isso tenha a ver com alguma coisa XD)
os detalhes ficaram bem encaixados....e não teve erro ortográfico ou de coesão (pelo menos não que eu tenha visto XD)
Post mais historias.....você possui bastante criatividade^^
Então... depois participe do jogo na seção RPG...é um desafio que eu propus para as pessoas XD...mas deixando o marketing de lado XD
ficou bem legal sua fic...continue escrevendo^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain Empty Re: [FANFIC] Amai Ame - Sweet Rain

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum