Apollo - by Morgado

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Apollo - by Morgado

Mensagem  Admin em Dom 11 Abr 2010, 12:10

Apollo
A fic conta a historia de Morgado, um garoto que trabalhava em um restaurante e era um estudante normal de ensino médio que, após encontrar com Juliana, teve seu estilo de vida completamente alterado por uma acidente de carro que sofreu. Seus amigos, vendo o estado de depressão que o garoto se encontrava, apresentam para ele o jogo on-line Apollo.
Esse jogo, literalmente, faz os jogadores mergulharem em seu mundo, um mundo no qual cada um recebe uma habilidade especial ou poder mágico, porém caso o jogador morra no jogo ele tem sua conta apagada e nunca mais poderá entrar no jogo de novo.
Acho que seu eu falar mais vira spoiler XD
Amanhã trarei mais cinco capítulos para vocês^^

Admin
Admin
Admin

Mensagens : 1
Reputação : 1
Data de inscrição : 11/04/2010

https://funfic.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Cápitulo 1

Mensagem  [WM] Morgado em Dom 11 Abr 2010, 21:32

Bom...essa é também minha primeira fic escrita....
as outras não passaram de pensamentos soltos e avuados....espero que gostem

Capítulo 1
Imprevistos

*9:30 colegio Sagakushike*

-Ei Morgado eu ja te contei que finalmente cheguei no level máximo no Apollo??-Disse Pedro no meio do intervalo da aula.
-Cara você sabe que eu parei de jogar desde que arrumei esse emprego no restaurante e mesmo na epoca que eu jogava nunca conseguia chegar no level máximo.....minha TDA\H não permite e que eu nunca joguei Apollo- respondeu Bruno Morgado.
-TDA...quem?- Perguntou Marcus, um garoto caladão que sempre ficava perto do Pedro e do Bruno.
-TDA\H...transtorno de defict de atenção com hiperatividade.....traduzindo ele não consegue se concentrar- Respondeu Adriana sentando de costas na cadeira logo a frente de Pedro-Mas eu acho que você deveria experimentar...o jogo em si é muito bom.
-Até porquê mesmo você nunca chegando em level maxímo em nenhum outro jogo não quer dizer nada.....você nunca jogou Apollo-Falou David, um garoto negro alto, literalmente os musculos do grupo, nem todos eles juntos conseguiam derrubar ele.
-Vocês não entendem......mas vou pensar no caso...não prometo jogar....mas vamos ver o que acontece- Quando Bruno terminou de falar sua frase a Professora de álgebra entra na sala.todos a sua volta param e vão se sentar nas cadeiras certas Bruno é o unico que continua distraido pos uma mosca havia entrado na sala.

*12:10 restaurante da familia Mira*

-Mesa sete estão chamando um garçon- Grita o senhor Mike Mira dono do restaurante.
O garoto se apressa pra atender a mesa e lá encontra um linda jovem com seus pais.
-Em que posso ajuda-los senhores?-Diz Morgado com um sorriso simpatico entregando um cardapio para o homem mais velho na mesa.
A menina foi a única a retribuir seu sorriso, isso fez com que ele ficasse com vergonha, usando de todas suas forças para não demostrar qualquer vestigio dessa emoção.
A família pediu seu almoço e e comeram. Ao terminarem pediram a conta enquanto os dois pais da menina estavam distraido procurando dinheiro e vendo o preço ele conseguiu entregar um guardanapo para a menina. Ao receber ela sorriu e fez um sinal de sim com a cabeça. No bilhete estava escrito: "Quero te ver denovo.Você é linda. Me liga 3278-7811"

*17:00 casa do Bruno*

O telefone tocou o garoto saiu correndo para atender o telefone e levou um susto quandoatendeu.
-Você pediu para eu ligar- Uma voz suave falou ao telefone- seu nome é Bruno não é?
-Si...Sim-respondeu o garoto sem acreditar que ela havia realmente ligado- Como você sabe meu nome Juliana?
-Estava escrito no seu avental de garçon ....eu costumo prestar atenção quando algo me interessa....e como VOCÊ sabe meu nome?
-Eu costumo prestar atenção nas coisas que eu escuto quando algo me interessa- Ao falar isso ele pode ouvir a garota rindo.
-Quando eu vou poder te ver denovo?- Disse o garoto engolindo o seco em sua garganta..Nunca esperaria que conseguisse uma garota tão linda quanto aquela...Devia estar com muita sorte.....Ele não acreditaria o quão errado ele estava ao pensar que estava com sorte.
-Amanha eu vou estar livre e vai estar o parque da Escola Mier aberta para o público...agente poderia ir lá se você quiser-Respondeu Juliana ainda com aquela voz suave.
-Combinado então.. me encontra lá nesse horario?- Prontamente respondeu o garoto.
-Sim....mas agora eu tenho que desligar meu pai esta entrando no meu quarto- quando terminou de falar sua frase desligou o telefone, não dando chance do garoto dizer tchau, mas dado a situação ele não se importou com pequenos detalhes.

Dia seguinte...17:00 Parque da escola Mier

Bruno estava em pé ao lado de um barraca que vendia pipoca esperando seu par chegar. Era engraçado o número de conhecidos que ali passavam, avistara Akira ao longe dando em cima de duas garotas ao mesmo tempo, adriana também estava lá com um outro garoto que Bruno não conhecia até que uma voz disse longe dele:
-Morgado?? o que você faz aqui na minha escola- Falou um garoto baixo de cabelos negros encaracolados seu nome também era Bruno.
-Alu??Quanto tempo irmão..como você tem passado?Pera ai...Val??-Falou Morgado olhando uma menina chegando logo atras de seu amigo de infancia.
-Bruno você andou sumido...agente quase não se esbarra na rua desde que terminamos nosso curso juntos- Disse a menina dando um abraço no Morgado.
-Cara agente começou recentemente a jogar um jogo on-line muito foda....joga tambem....agente monta uma guild e talz-Disse Alu com um sorriso no rosto e atras dele valquiria sorria concordando com a ideia.
-Cara o foda é que eu to trabalhando..mas vou ver se jogo....se eu conseguir eu mando um recado pras vocês me encontrarem lá-Disse o garoto, quando um pipoca passou voando perto de sua cabeça seu disturbio fez com que ele perdesse completamente o foco e ao olhar na direção da pipoca viu quem estava chegando. Ela estava usando uma blusa azul escura e uma calsa jeans básica, com os cabelos castanho-escuro solto. Ao ve-la saiu em sua direção. Alu e Val nem sequer perguntaram nada. Era obvio para onde ele estava indo.
-Desculpa o atraso tive um pequeno problema com o trânsito-disse a menina com um sorriso no rosto.
-Não tem problema. Mas fiquei com medo da minha maré de sorte estar acabando...Além do mais você poderia ter me avisado que eu ia te buscar de carro...Vim dirigindo-falou ele com um largo sorriso no rosto...não sabia ao certo se era de nervoso ou de felicidade.
A menina riu segurando na mão dele e saiu para ver o parque. Morgado tinha cogitado a hipotese de ter beijado ela ali...mas gostava de causar boa impressão...se beijasse ela ali poderia ser apenas uma noite...mas se tudo corresse de acordo com o plano seria mutio mais que só uma noite.
Foi uma ótima noite para todos os dois e o plano do morgado correu bem....mesmo sua concentração sendo precária ele conseguiu...seu planos sempre eram muito bons...não era atoa que era campião de xadrez de seu cólegio e também conhecido como génio por todos seus amigos na escola.
O beijo ocorreu durante um passeio na ponte no centro do parque.A vista era exuberante e o som da água ajudava a relaxar...Após isso eles continuaram a passear....comeram um cachorro-quente em uma das barracas e pararam em frente a uma roda da fortuna. Algo chamou o bruno a jogar. A roda era composta de trinca e quatro numeros numerada de 1 até 30 sendo duas casas 0 e a outras duas 00 que significavam que a banca ganhava tudo, esses quatro números estavam localizados em cada ponto cardeal da roda, os números pares era de uma cor vermelha e os impares era azul. Os jogadores podiam apostar em par ou impar e ganhavam duas vezes o seu dinheiro, podiam jogar em grupos de números que eram de um a cinco, seis a dez, onze a quinza, de desesseis até vinte, vinte e um até vinte e cinco e vinte e seis até trinta e ganhavam cinco vezes o seu dinherio e apostar em um numero isolado e ganhavam vinte vezes o seu dinheiro. Bruno jogou.
-Eu quero de cinco a dez- falou o rapaz colocando uma nota de 100 iens na mão do dono do jogo.Ele aceitou o dinhero e rodou a roda. Caiu no oito.
Nossa você é sortudo mesmo-disse a menina dando um beijo no queixo do garoto que sorria com cinco notas de 100 iens na mão.
-Agora eu quero de um a cinco-Falou o garoto dando suas cinco notas ao chefe.
-Eu também quero jogar...toma aqui..na mesma aposta que ele- entregando um outra nota de 100 iens para o homem atras da bancada. A roda girou...caiu no um.
-Nossa gato...você é um filho predileto de Deus hem- disse a menina dando pulos de alegria
A menina estendeu as duas notas para o homem e disse.
-Qual vai ser agora ?-ela disse ainda sorrindo. O garoto passou a mão na cabeça e respondeu.
-Escolhe você linda...eu não vou jogar nessa...ja estou com 2500 iens..vou esperar pra ver como vai ser - disse ele com a mão ainda na cabeça.
- Eu vou querer então os impares- disse a menina entregando duas notas que ela havia ganhado na rodada anterior e quardando as outras três no bolso. A roda girou e caiu no 00.
A garota bufou e resolveu parar de jogar. Ela colou a mão no estomago e disse secamente.
-Vamos embora? Acho que aquele cachorro não me fez lá muito bem.
-Pera so um minutinho algo ta me dizendo uma coisa...sei que é idiotice ouvir isso...mas vou apostar aqui...tudo no dezenove-Disse o garoto entregando todo seu dinehiro pra dono que o olhava com os olhos esbugalhados.
-Sua mina ta passando mal e você é idiota o suficiente pra apostar tudo isso num número só?essa eu quero ver.- disse o homem rolando a roleta. Assim que a roleta parou o dono olhou para ele, mas ele não havia prestado atenção Juliana estava vomitando no chão ele fora um estupido a ficar ali enquanto tudo aquilo acontecia não se importava mais com o dinheiro queria levar ela pra descansar em algum lugar. Ele olhou a roleta e viu que todos olhavam para ele, ela estava parada e estava no numero 19.
-Ele pegou o dinheiro que havia ganhado e levou juliana para o carro. Dirigiu apressado para deixa-la em casa, mas ela ja estava melhorando, ele se sentia com vergonha de tudo aquilo e não sabia como se desculpar, ela sorriu e disse.
-Relaxa bruninho >.< eu te perdou se você me levar pra sair denovo... pra gente gastar esse dinheiro todo que você ganhou-disse ela com um sorriso no rosto.
Mesmo passando mal ela ainda era linda. Morgado deixou ela em casa com a promessa que sairiam denovo para se divertirem..so que da proxima vez seriam num lugar mais calmo.

As coisas realmente não aconteceram do jeito que ele gostaria. Ao passar por um sinal que estava aberto para ele ele foi atingindo, não conseguiu sequer ver o que batera em seu carro. Na pista trasnversal um grupo de jovens estavam fazendo um pega. Um carro a uma velocidade muito acima da permitida naquela estrada o acertou em cheio. Se fosse de frente ele estaria morto. Mas o que aconteceu com ele fez a vida dele mudar muito.

Fim Capítulo 1

por favor...comentem....em breve estarei postando mais^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 2

Mensagem  [WM] Morgado em Seg 12 Abr 2010, 12:18

Capítulo 2

Solução

*Uma semana depois...Hospital Sawada..5:30*

O garoto acordou em sua cama, não sabia ao certo o que havia acontecido, tentou se mexer mas seu corpo não obedecia. Ficou parado tentando lembrar tudo que tinha acontecido para que pudesse entender, mas so uma coisa passava na sua cabeça, ele estava tetraplegico.
-Bom dia Bruno- Um médico disse sorrindo para o garoto.
-Doutor você poderia me explicar exatamente o que aconteceu? Ja sou grandinho para entender - disse o menino tentando parecer sério.
O médico confirmou sua maior suspeita e lhe contou os detalhes do acidente. Disse que até certo potno ele poderia viver uma vida normal, mas que ele teria certas limitações. Era algo além do controle dos dois então Morgado não poder fazer nada além de aceitar. Sua maré de sorte foi virada contra ele, fazendo com que ele quase se afogasse, isso era a única coisa que ele sabia. Por sorte o dinheiro que ele ganhou na roda da fortuda fez com que ele pudesse pagar os custos de todas as cirurgias. Então ele devia estar agredecido por estar vivo. Mas agradecimeto era a última coisa que passava na cabeça do garoto.

*Uma semana depois...casa do Morgado...15:15*

O garoto ja estava em casa. Porém estava começando a sofrer de depressão por causa de seu estado, mesmo todos seus amigo indo visita-lo.Juliana também tinha ido ve-lo. Ela chorava compulsivamente dizendo que aquilo era culpa dela.
-Drogaaa....se eu não tivesse passado mal por causa de um estúpido cachorro-quente você estaria bem- As lágrimas escorrendo pelo rosto.
-Ei pessoal tivemos um ideia para animar o Morg- Gritou André um garoto baixo de cabelo espetado que estudava no mesmo colegio do Bruno.
-Vamos colocar isso aqui- Disse Adriana colocando uma tiara pratiada na cabeça do morgado, todos pareceram entender a ideia assim que ela colocou o objeto na cabeça do garoto.
-E isso aqui- dessa vez foi o Bruno(Alu) que colocou um oculos escuro com uma lente avermelhada nos olhos do garoto deitado na cama.
-Ei vocês não vão me dizer o que é tudo isso não?- Disse o garoto tentando colocar o máximo possivel de persuasão em sua voz.
Todos riram.
-Se preocupa não agente vai se ver logo logo e você vai entender tudo-Disse Ju agora com a voz mais suave.
Ao falar isso morgado reparou que todos estavam se equipando com os mesmo objetos foi então quando tudo ficou escuro.

*Dentro do Apollo 15:40*

Uma luz vermelha brilhou no meio da Escuridão.
-Bem vindo ao Apollo...Escolha agora como será seu personagem...sua magia será escolhida a partir de seus desejo, sonhos e pensamentos.
-Eiii...Então isso que é o Apollo que eles falam tanto- disse o menino, mas nada respondeu a sua voz.
Ele imaginou como queria ser.
-Seu nick de jogo será qual?-perguntou a mesma voz saindo da luz vermelha.
-Morgado-respondeu ele prontamente.

-Você foi completamente analisado sua magia será..-nesse instante o timbre da voz mudou completamente- Elementalista vento com poder Logia...quer ouvir uma explicação básica sobre seus poderes?
Ele fez que sim com a cabeça embora achou que sabia o que o poder significava somente a parte do logia que ele não conhecia mas não custava ter certeza dos detalhes.
-Você pode controlar, criar e dominar de todas as formas o elemento vento, o efeito Logia permite que seu proprio corpo seja feito desse elemento enquanto você esteja concentrado nele, mas em contrapartida sua defesa é a mais baixa de todos os outros tipos de poderes do jogo. Tome cuidado, se você morrer no jogo você nunca poderá fazer uma nova conta. Bom jogo- ao falar isso a luz vermelha sumiu e ele estava no centro de uma construção de pedra e conseguiu mexer todas as partes do seu corpo.

Fim Capítulo 2


Comentem por favor^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Re: Apollo - by Morgado

Mensagem  Krieger em Ter 13 Abr 2010, 16:41

Muito bom, Bruno! Espero que continue assim. A história é, até o momento, bem envolvente. Espero que mantenha o padrão! XD
Abraços.
Krieger
Krieger
Membro
Membro

Mensagens : 49
Reputação : 2
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 29
Localização : Uma galáxia muito, muito distante.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Re: Apollo - by Morgado

Mensagem  ThaYuu em Ter 13 Abr 2010, 17:24

Nossa, bem lgl sua fic! Só uma curiosidade, por acaso tem alguma relação com a fic "Arthemis"? Ah! Vc é PHd em roda da fortuna e RPG né? hauhauhua muito lgl a fic! Continua ^^
ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Re: Apollo - by Morgado

Mensagem  [WM] Morgado em Ter 13 Abr 2010, 21:05

sim sim tem a ver sim...
o nome foi até um homenagem (apollo é o irmão gêmeo de artemis na mitologia grega XD)
Eu tinha a historia pronta mas eu sentia que faltava alguma coisa...
ai em uma conversa com o Akira (autor da arthemis) eu tive a ideia e escrevi.
Embora a única semelhança realmente é o fato de serem jogos e alguns personagens(amigos em comum)
tirando isso é bem diferente^^
em breve vou postar mais...agradeço os comentários^^
amanha ou mais tarde devo postar o terceiro capítulo^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 3

Mensagem  [WM] Morgado em Ter 13 Abr 2010, 21:22

Capítulo 3

Senhor dos Ventos

*Apollo...15:45*

O garoto estava parado bem do meio de uma construção rochosa e por algum motivo conseguia sentir tudo que estava ao seu redor.
-Eu sinto tudo que o vento toca - Falou baixinho como se tentasse memorizar qualquer informação que pudesse ser util no futuro.
-Ei pessoal...Olha ele ai - Falou Akira com um sorriso no rosto. Seu avatar possuia cabelo curto azul e uma roupa negra com detalhes em azul combinando com a cor de seu cabelo e uma faca reluzente no lado direito do corpo.
Por algum motivo que ele não entendia ele conseguiu reconhecer todas as pessoas que estavam ali, todos os seus amigos que estavam com ele na casa dele estavam ali.
-Então as pessoas que eu conheço fora do jogo eu reconheço aqui também - Disse o garoto tão baixo que niguem poderia ter escutado ele.
-Isso mesmo Morg - Disse Akira.
-Você tem que parar com essa mania chata Akira - Disse Night que ele reconheceu por ser André ele possuia uma roupa toda preta como a noite e olhos e cabelos também negros.
-Como você escutou o que eu tava falando - Perguntou o Morgado se assustando por ter sido ouvido.
-Você deve ter percebido que você possui uma magia certo? - Disse Alucard que era o Bruno esse estava vestido com um capa roxa com ornamentos prateador que pareciam almas flutando em sua capa e possuia um cajada que parecia ter sido feita de ossos.
-Pessoal posso só fazer um comentario rapidinho antes da explicação do jogo - Disse Jubs(Juliana)- ela estava vestindo uma roupa pratiada com um lenço encobrindo seus olhos - Você ta lindo até aqui no jogo - Apos falar isso deu um beijo na boca do novato. Foi uma sensação estranha. Era exatamente igual ter sido um beijo no mundo real, sem sombra de dúvidas esse era um jogo que de algum modo fazia com que o cérebro acreditasse que aquilo era real.
-Ta voltando as explicações....Qual é o seu poder Bruno-chan?-Perguntou Val-chan(Valquiria) que usava um vestido com cor de terra e uma katana estava em suas costas e possuia cobelos castanhos-escuro quase negros e olhos castanhos.
-De acordo com a luizinha eu sou um elemetalista do vento.
-Elementalista?!?....Você é um logia cara....Um dos poderes mais apelões do jogo - Gritou Akira.
-Então você não conseguiu ouvir o que eu tinha falado agora a pouco....Você esta lendo meus pensamentos???- perguntou o garoto.
-Esse é o meu poder eu posso ouvir os pensamentos das pessoas ao meu redor e posso altera-los como eu quiser - Disse o garoto com um sorriso na cara.
-É um poder bem chato esse- Falou Marcus- Mas em contra partida ele não é muito forte em lutas diretas contra monstros.-Marcus diferente de todos os outros possuia uma camisa amarelo berrante com ideogramas negros e sua calça era negra com ideogramas amarelos seus olhos também eram amarelos e seus cabelos eram negros - Eu também sou um elementalista....So que não sou logia como você....Não consigo fazer meu corpo virar trovão...apenas controlo e crio.
-E quais são os poderes de vocês outros?- Perguntou o garoto sentando no ar, flutuando, o disturbio de atenção permitia que ele fosse fazendo testes enquanto ele conversava, e pela cara do Akira ele tinha parado de escutar ou de entender seus pensamentos.
- Eu posso invocar os mortos...Espiritos...Zumbis..Por enquanto só isso..Ainda não sou level máximo - Respondeu o Alucard.
-Eu tenho atributos físicos maiores que todos aqui. Sou o mais rápido e forte do nosso grupo - Falou Doom que era o David que estava calado desde a hora que entrara no jogo, ele possuia as mesmas caraquiteristicas físicas do mundo real, e usava uma roupa que lembrava um kimono branco de lutas marciais.
-Eu controlo o Espaço - Val-chan falou antes de desaparecer e aparecer atras do Morgado - E também posso alterar o espaço de vocês - Morgado sentiu um puxão no estomago e quando se deu conta estava do lado de uma árvore, a quase 10 metros de onde ele estivera antes.
So que o garoto aprendia rápido e em um instante ele tava de volta ao lugar que estava antes.
-Ei como você fez isso??-Perguntou Jubs - Você não é um elementalista?
-Eu posso fazer meu corpo se transformar em vento...Eu posso me mover na velocidade do vento - Falou o garoto com um sorriso na cara. Ele por sua vez possuia um cabelo branco pequeno um corpo mediano um pouco mais alto que alguns de seus amigos e muito mais baixo que o Doom usava uma camisa branca comum e uma calça branca também comum com a incrição *Apollo* em ambas.
-Nossa cheio de surpresas....Pelo visto o Doom não é o mais rapido agora né - Disse Jubs.
-E qual é o seu poder linda? - Após o Morgado fazer essa pergunta todos olharam para ela, niguem do grupo sabia qual era o poder dela.
-Ahhh nada de mais....Depois eu te conto...Vou ter que sair agora....Ja ta ficando tarde tenho que ir pra minha casa - Após terminar de falar se deslogou e assim sumiu na frente de todos.
-E pessoal acho melhor agente terminar as apresentações depois mesmo - Falou Drik@(Adriana) -Também tenho que ir.
Assim todos deslogaram. Porém quando todos foram embora da casa do Morgado ele voltou ao jogo, tinha muita coisa pra aprender ainda. E lá ele podia fazer muito mais coisas do que babar em uma cama.

Fim Capítulo 3
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Re: Apollo - by Morgado

Mensagem  ThaYuu em Qua 14 Abr 2010, 17:14

ha! tem coisa melhor p/ fzr do q babar em uma cama foi ótimo hauhauhau ^^ tah muito bom! continua!
ThaYuu
ThaYuu
Membro
Membro

Mensagens : 25
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 24
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 4

Mensagem  [WM] Morgado em Qui 15 Abr 2010, 14:03

Capítulo 4

Encontro marcado

*11.20...Apollo...Floresta dos espíritos*

Uma menina andava sozinha no meio da floresta mais perigosa de todo o jogo, poucos que não eram level máximo tinham a coragem ou a estupidez de entrar nela, mesmo assim a jovem caminhava sem olhar para os lados, sem nem se preocupar com o que pudesse estar perto dela.
-Eu realmente estou cercado de idiotas - Falou um garoto de cabelos azuis parado logo na frente da menina – Não tinha certeza se você iria vir Jubs.
-Como se eu pudesse ignorar alguem gritando na minha cabeça "FdE ...11:20".... Mas o que você quer comigo Akira?- Ao ouvir isso o garoto riu.
-É realmente engraçado ver como todos estavam preocupados com o Morgado, niguem nem percebeu que estavam do lado da terceira mais forte de todo Apollo....."A Princesa do Mindbreaker Jubs"....
-Você realmente me chamou aqui pra dizer só isso?- Ela falou interropendo o garoto.
-Eu entendo o porque de você não falar o seu poder pra eles....Até porque achei extranho você andar com agente....Os Mindbreaker ..Ou melhor o D não vai gostar de ver você andando junto com "A ralé"...Realmente durante o meu período nessa guild, você foi a única que eu gostei de lá.
-Você sabe que eu também não gosto do jeito que o D age....Mas eu tenho uma dívida com eles...Não posso simplesmente sair do grupo como você fez Akira – Explicou a menina.
-Eu entendo.....Você ja tinha me contado essa hístoria.....Eu so vim dizer que vou manter seu segredo....Mas eles vão descobrir mais cedo ou mais tarde...E o Morg por seu um Noob, vai ser o último a descobrir.....Não faça isso com ele - Ao falar isso o garoto virou de costas e começou a andar para sair daquela floresta.
-Então é só isso?...Não vai dar nenhuma cantada?...Você não podia me ver que ja vinha falando besteiras - Disse a menina com um sorriso no rosto.
-O Morgado é um pé no saco....Mas é meu amigo...Eu não traio meus amigos - Ao falar isso ele levantou uma carta do bolso e gritou "Baldur Gate's" e desapareceu.

*Mesmo Horário....Apollo....Planicie dos Escolhidos*

Morgado estava logado desde a hora que seus amigos sairam de sua casa, estava descobrindo pouco a pouco como funcionava seus poderes e tudo que ele era capaz de fazer.
-Tá é so concentrar.....Me concentrar - Falou o menino em voz baixa para si mesmo.
Seu braço, que estava flexionado na frente do corpo, começou a desaparecer, e onde ele estava antes so se conseguia ver um vestigio de fumaça.
Alguma ave piou, o garoto procurou de onde veio o barulho, e quando voltou a olhar para o braço lá estava ele no lugar de antes, inteiro.
-Realmente é um poder muito forte....Mas para minha condição não é algo que eu possa confiar, qualquer barulho tira minha concentração....Eu tenho que aprender a sobreviver sem ele.
Morg teve uma ídeia e saiu correndo contra uma árvore, poucos segundo antes de se corpo se encontrar com o tronco, ele ouviu um barulho na grama perto dele, fazendo ele olhar para o lado e quando voltou a olhar a árvore já era tarde de mais.
-Puta que pariu!!! - Gritou o garoto coma cabeça sangrando.
Uma risada saiu de onde a grama tinha balançado e de lá saiu um menina de cabelos ruivos presos em um rabo de cavalo e com uma jaqueta e calça verdes e uma busa bege.
-Você é doido? Tentando ver quanto sua cabeça é dura?- Ela falou ainda rindo.
-Vamos dizer que eu estava testando algumas coisas.....Sou novo aqui - Respondeu ele desconcertado pela situação.
-Eu reparei que você é novo....Ainda está com as ropas iniciais....Sinceramente acho melhor você trocar isso pra que os outros não venham tentar abusar de um noob - Seu tom de voz era mais sério, mas o sorriso ainda estava estampado na face da garota.
-É...Eu não tinha pensado nisso....Mas você pode me ajudar?...So queria fazer uma pergunta.
-Claro so falar - Ela respondeu prontamente.
-Eu reparei que eu ja consigo fazer muitas coisas com o meu poder.....Quando eu chegar no level máximo eu vou poder fazer muito mais coisas certo?- perguntou o garoto tentando não parecer tão idiota a sua pergunta.
-Teoricamente não.....O que você consegue fazer agora é exatamente o que você consegue fazer no level máximo....O que muda é a quantidade de concentração e os seus atributos....Por exemplo no level máximo você vai ser mais rápido e mais forte do que é agora....Mas explorar os seus poderes é uma coisa que so você pode fazer....Deixa eu ver como eu esplico melhor....Tem pessoas que chegam no level máximo e só conseguem fazer uma unica coisa com os poderes que lhe são concedidos..Enquanto que há aqueles que no primeiro level já conseguem fazer várias coisas.....Entendeu?- Disse a menina meio sem saber se tinha se feito clara o suficiente.
-Sim, sim, muito obrigado pela ajuda....Aliais...Qual é o seu nome?
-No jogo sou conhecida por Roubs....meu nome é Roberta...Prazer – Respondeu a menina
-Eu sou Morgado...Bruno Morgado....Obrigado mais uma vez pela ajuda.
-Vem comigo...Vou te levar para um lugar onde você pode treinar melhor - Ao falar isso ela agarrou o pulso do garoto e o arrastou para a cidade mais próxima.

Fim capítulo 4

Comentem ai...por favor^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Re: Apollo - by Morgado

Mensagem  Krieger em Qui 15 Abr 2010, 17:20

Muito bom, cara! Agora temos um "quadrado amoroso" entre Roubs - Morgado - Jubs - Akira. Perfeito!

Poste a próxima logo!
Abraço.
Krieger
Krieger
Membro
Membro

Mensagens : 49
Reputação : 2
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 29
Localização : Uma galáxia muito, muito distante.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Re: Apollo - by Morgado

Mensagem  Sir Alucard em Qui 15 Abr 2010, 22:42

Cara, você já tinha me enviado algum material, mas acho que nem tive tempo/oportunidade de falar sobre né?
Tá muito boa cara ^^
Continua com ela o/
Abraço.
Que a Força esteja com você!
Sir Alucard
Sir Alucard
Membro
Membro

Mensagens : 5
Reputação : 1
Data de inscrição : 15/04/2010
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 5

Mensagem  [WM] Morgado em Sex 16 Abr 2010, 16:17

Capítulo 5

Mindbreaker

* Dia Seguinte 9:00...Apollo....Torre de Yuka*

Morgado e Roubs lutavam contra monstros na torre.
-Viu ja está começando a ficar fácil para você lidar com os monstros desse lugar - Disse a menina assim que Morgado liquidou um diabrete com um único soco - Mas você tinha me dito que era um elementalista do vento...Como consegue dar um soco tão forte?
-Eu uso ar comprimido em volta do meu punho para aumentar a densidade do meu punho em cinco vezes e uso o vento pra acelerar o meu soco também em cinco vezes.....Isso faz com que meu soco tenha a força de um tiro de uma nove milimetros - Respondeu o garoto como se aquilo fosse a coisa mais óbvia possivel.
-Nossa você é mutio nerd hem...- Ela não conseguiu terminar a frase, pos uma aranha gigante apareceu na frente deles - Como uma Aragogue veio parar aqui???Esse é um mosntro que so fica no ultimo nível dessa torre...Melhor deixar ela comigo...Acho que você não consegue lidar com ela sozinho - Ela esticou seu dedo indicador da mão esquerda em direção ao animal e com a direita fez um movimento de puxar como se estivesse segurando um arco e flecha, uma flecha de energia vermelha surgiu em sua mão e voou em direção a besta, abrindo, dessa forma, um buraco bem no centro dos olhos dela.
-Viu pra um level máximo aqui chega a ser ridículo - Falou animada, mas o garoto não estava prestando atenção, ele estava olhando um goteira que tinha no corredor pro lado direito deles - Nossa eu realmente odeio quando as pessoas não prestam atenção em mim - Disse a menina com cara de emburrada.
-Relaxa você vai se acustumar com isso...Todos se acustumam...Vamos sair daqui eu tenho que apresentar você para os meus amigos - Respondeu o garoto ainda prestando atenção nas gotas que iam ao chão.

*9:20....Cidade Central Baldur*

Morg caminhava nas ruas da cidade junto com Roubs, graças a ela ele ja conseguira chegar a um level razoável, mesmo que ainda faltasse muito para chegar ao level máximo.
-Oi lindo eu tava te procurando...Presciso conversar uma coisinha com você - Falou uma menina de vestido prateado se aproximando do garoto.
-Você é amigo "Dela"?...E eu pensando que você era um cara legal - Falou Roberta assim que viu Jubs falar com o garoto – Agente conversa mais depois Morgado...Eu vou deixar você e "Ela" sozinhos - Ao terminar sua frase entrou em um beco da cidade e desapareceu.
-O que que houve com ela?...Vocês ja se conheciam? - Perguntou o garoto sem entender nada que havia acontecido.
-Eu vou te explicar tudo......Mas vamos sair do meio da cidade...Toma aqui - falou estendendo uma carta dourada ao jovem – Fale "Lago Deschain" ao levantar ela...Essa carta permite você se teletransportar pra qualquer lugar do jogo que você queira.
Os dois fizeram o movimento e falaram, logo após isso eles desapareceram do centro de Baldur.

*9:30.....Lago Deschain*

-Você sabe o que são as guilds não sabe? - Perguntou a menina quando viu o garoto aparecer na sua frente.
O garoto não respondeu de imediato, ele estava em uma área aberta com um lago, havia flores e vários tipos de plantas e um céu azul sem nuvens em cima deles.
-Mais ou menos....Jogadores se juntam em equipes e essas equipes são chamadas de guild não é? - Respondeu ele ao se dar conta da pergunta.
-É pode se dizer que é mais ou menos isso.....Infelizmente eu não vou poder ficar andando muito com vocês e seus amigos no jogo, a minha guild tem umas regrinhas meio chatas que eu sou obrigada a respeitar....Por isso que eu não quis te falar o meu poder aquela hora....Por isso que as pessoas no jogo não me olham com bons olhos depois de saberem a qual guild eu pertenço.....Eu faço parte da Mindbreak meu poder é telecinese...Eu não concordo com essas regras...mas tenho que obedecer - Falou a menina sem olhar no olhos do garoto, e dava pra sentir a tristesa em sua fala.
-Ué se você não concorda com as regras dessa guild porque fazer parte dela?
-É complicado....Eles me aceitaram quando eu era apenas uma iniciante...Me ajudaram a crescer no jogo....Não posso abandonar eles....Eles cuidaram de mim como se eu fosse uma filha - Ainda com o ar triste ela falou.
-Minha Princesa.....Você está ai conversando com esses outros magos fracos? - Uma voz falou longe dos dois - Está ensinando ele a como se comportar na frente de um Mindbreak?
Um homem apareceu ele usava um terno negro e um monoculo em seu olho esquerdo.
-...D....-Falou a menina com sua voz tremendo.

Fim capítulo 5
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 6

Mensagem  [WM] Morgado em Sab 17 Abr 2010, 23:34

Capítulo 6

Mestre Doc

*Continuação*

-Você tem que mostrar pra esses vermes o lugar deles - Falou o homem que continuava caminhando em direção a eles.
Ao fazer um movimento com sua mão direita fez Morgado se ajoelhar no chão.
-Bem....Assim ta bem melhor - Falou com um sorriso torto no rosto.
-Na use seus poderes nele Doc....Eu so estava me despedindo solte-o agora - Gritou juliana com a mais pura raiva no rosto.
Morgado se levantou, mas ele não tava normal, ele não sabia quem era aquele cara, mas sabia que iria acabar com ele.
-Quem você pensa que é minininha? Acha que pode ir dando uma ordem para mim?O mestre da guild mais forte do jogo? - Doc gritou em direção a garota.
-Segunda guild mais forte do jogo....A mais forte é os Slayers você nunca será mais forte que o Sigfrid - A menina gritou em resposta.
-Insolente - Ao falar isso ele levantou a mão para dar um tapa na menina, mas sua mão foi parada por Morgado- Não toque em mim seu merda - Com um agito de mão Morgado voou e ficou preso contra uma árvore, ele não conseguia se mover.
O único ponto onde não havia pressão era pequeno demais para ele passar com seu corpo, mas ele conseguiria sair de lá se quisesse, mas sozinho não seria possivel vencer aquele cara, além de level máximo ele concerteza tinha muita experiência em batalhas, mas o Morgado tinha duas coisas que lhe davam uma incrivel vantagem, primeira, o poder do cara se restringia a telecinese enquanto ele não fazia idéia do poder do garoto, e o Morgado era um génio com QI acima de 200, nessa hora sua mente estava trabalhando em potência máxima para criar um plano.
-É chefinho judiando desses pobres mortais? - Uma voz feminina foi ouvida passando pela árvore em que o garoto estava preso
-Psylock....Se você esta aqui...Onde está Jun? - Perguntou Doc deixando Jubs parada com seu poder - Princesinha...Você sabe que você é a terceira mais forte do rank porque eu não gosto de participar de torneios...Nem mesmo Maion que é o segundo do rank tem chances contra mim...O único que pode me enfrentar diretamente é o Sigfrid que é o mais forte.
-Eu estou aqui mestre - Uma segunda voz feminina falou passando perto de onde a menina estava paralisada no chão.
-Os três pilares da Mindbreak.....Ninguém consegue nos vencer sozinhos – Disse PsyLock dando uma risada.
Nessa hora Morgado teve um estalo, ele não estava sozinho. Reuniu todo sua força de pensamente e pensou o mais forte possivel.
-"Akira se tiver me ouvindo... Lago Deschain...AGORA...Traga toda a ajuda que puder"
-Agora princesa....Vou te deixar sair impune dessa falta de obediencia se você torturar um pouco esse garotinho...O que você me diz? - Ofereceu Doc para a juliana.
-Você não vai tocar um dedo nele Doc - Gritou a garota em resposta.
Os três riram.
-E quem disse que eu presciso encostar nesse verme para torturar ele? - Respondeu Doc com a voz de desdém.
-Quanto tempo em grande D - Um rapaz de cabelo azul apareceu sendo seguido por Night e Drik@.
-Olha só....O traidor de sangue aqui.....Eu pensei que após ter saído da guild você nunca mais ousaria cruzar o meu caminho - Disse Doc encarando Akira.
Akira riu e falou – Eu realmente não tinha vontade de encontrar com vocês denovo....Mas as coisas mudam....O garoto ali na árvore é meu amigo...É bom tirar seu dominio sobre ele se você não quiser apanhar pra valer.
Falando isso colocou sua mão sobre a adaga presa na cintura, Drik@ pegou o bastão que carregava nas costas, separando-os, revelando duas espadas e Night levantou sua mão direita em direção aos lideres da Mindbreak.

Fim Capítulo 6
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 7

Mensagem  [WM] Morgado em Qua 21 Abr 2010, 15:20

Capítulo 7

Quatro contra três

*Continuação*

-"Akira...você consegue redistribuir os meus pensamentos para todos?"-A voz do Morgado surgiu na cabeça do Akira.
-"Claro"- Respondeu prontamente o garoto-"Por sorte eu estava por perto quando você gritou....Vc tem muita sorte mesmo hem"
-"Vamos deixar isso pra depois....Preciso que você me passe os poderes da Drik@ e do Night para que eu posso pensar em tudo certinho"- Falou Morg.
-"O meu poder é de invisibiliade e poder voar"- Dessa vez foi a voz de Night que surgiu na cabeça do Morgado.
-"O meu é super sentidos....Eu tenho os seis sentidos padrões mais aguçados"- A voz da Adriana surgiu na cabeça dele.
-"Só pra constar.....Eu ja fui da Mindbreak...O Doc possui telecinese....Psylock possui poderes muito semelhantes aos meus...Mas não se preocupem...Eu to bloqueando a nossa conversa...E a Jun possui poderes curativos e ela pode ,se quiser, saber qual é o poder de quem ela olha"- A Voz de Akira falou na cabeça de todos da equipe.
-"Ok....Aqui está o plano.....Vocês conseguem executa-lo?"- Era o Bruno que sempre bolava os planos e eles quase nunca falhavam.
-"SIM"- ouviu as vozes dos três em unisono.

-Ei gostosinho....Tava com saudades de você....Você nunca mais foi me visitar - Falou Psylock piscando para o Akira.
-Desculpe por isso Psy....Que tal agente dançar agora então? - Respondeu o garoto ainda com o sorriso em sua face, mas o sorriso não durou muito. Em poucos segundos os olhos do Akira e o da Psylock estavam vidrados, os corpos continuavam parados, mas era óbvio que as mentes deles não estavam mais ali.
Doc levantou a mão para novamente dar um tapa em Jubs sem se preocupar em dar atenção aos que ele chamava de vermes, mas novamente sua mão foi parada por Morgado.
-Eu podia jurar que você estava preso naquela árvore ali....Devo ter relachado - novamente um aceno de mão e o Morg saiu voando.
Nesse meio tempo Drik@ partiu para cima de Jun e Night havia desaparecido.
-Ei vaca....Vou chutar seu rabo- Gritou Drik@ com seu olhar demoniaco.
As duas começaram a se enfrentar, mas a diferença em habilidades físicas era óbvia, Jun estava perdendo completamente na luta no mano-a-mano, porém toda vez que era ferida seu corpo se regenerava em instantes.
Night voltou a aparecer do lado de Jubs, ele não gostou de ter pego essa parte da estratégia do amigo mas ele iria executa-la fielmente. Eles estudavam juntos a muito tempo, ele sabia muito bem do que o Bruno era capaz.
-Segure-se em mim - falou o Night no ouvido da juliana enquanto todos estavam intertidos de alguma forma.
Ela obedeceu, após ele estar segurando firmimente ela, ele voou, a mensagem do Bruno havia sido bem clara "leve ela pra longe e a proteja....eu não quero que ela veja o que vai acontecer aqui"
Após Doc mandar Morgado para longe denovo ele percebeu que a menina não estava mais ao seu lado.
-Você deu um jeito de esconder ela né seu merdinha? - Falou o homem deixando seu monóculo cair no chão - Mas não se preocupa ela vai voltar pra casa...Mas primeiro deixa eu acabar com você até que não sobre muito do que você ja foi um dia.
Ao falar isso segurou o Morgado com a sua mente, e com a telecine tentou fazer com que o corpo do garoto se dividisse em dois. Ele conseguiu e sem olhar duas vezes para as duas metades lançou cada uma delas pra longe.
-Agora eu acabo com você - Falou Doc olhando para Drik@ que ainda estava lutando contra Jun.

Fim capítulo 7
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 8

Mensagem  [WM] Morgado em Qui 22 Abr 2010, 16:07

Capítulo 8

Um contra um

*Minutos antes*

Akira sorri, naquele momento palavras eram desnecessárias.
-" Garotinho...Você sabe que por definição seu poder é mais fraco que o meu não sabe?" - A voz de Psylock falava na cabeça e Akira.
-"Sabe Psy....Eu aprendi uns truques novos quando sai do seu círculo de amizades...Quer experimentar?" - Akira respondeu dentro da mente da garota.
Um piscar de olhos foi o suficiente, os dois não estavam mais ao céu aberto do lado de um lago, parecia mais um castelo escuro, sombrio, onde tochas flamejantes presas nas paredes eram a única fonte de luz.
-O que foi que você fez? - Perguntou a menina, o medo estampado em sua cara.
-Olhe bem ....Você vai descobrir exatamente onde estamos - Respondeu o garoto aparecendo do lado da menina.
Sombras nas paredes pareciam se mover, quando a mulher reparou bem entendeu o que ele queria dizer com truques novos. Eles estavam dentro da mente dela.
-Se você olhar bem vai conseguir ver suas memorias bem ali – Falou o garoto apontando para a parede.
-O que você pretendo me trazendo aqui? So porque estamos aqui não quer dizer que você vai me vencer - Ao falar isso ela se concentrou, mas nada aconteceu.
-Os poderes não funcionam aqui....Somos como pessoas no mundo real - Disse o garoto balançando o dedo em sinal de negação.
-Grande truque esse seu.....Você também não tem poderes...Como pretende brincar comigo?
-Bom....eu sou fraco em combates corpo a corpo...Mas aqui....A força não é física....É mental...E nisso poucos podem me vencer - Akira falou sorrindo e indo em direção a garota.
-Então vamos dançar Aki-boy - A garota falou também sorrindo.

*Lago Deschain*

-Você deve ter reparado que não importa o quanto você me machuque....Eu sempre fico inteira denovo - Disse Jun tentando fingir uma voz infantil.
-Então eu so tenho que continuar te cortando até pensar em algo - Drik@ falou girando suas duas espadas nas mãos.
Mais um choque de armas, Jun usava um leque enquanto Adriana usava um bastão que se separavam virando duas espadas. Drik@ conseguia sentir tudo ao seu redor, o barulho dos passos de Jun, conseguia sentir o toque da grama em sua perna e o cheiro do lago contornando a batalha, algumas vezes lapsos do que estaria para acontecer passavam em sua mente, em certos momentos ela conseguia visualisar todo o movimento da adversária antes mesmo dela começar a se mover, e se sua visão estivesse um pouco mais aguçada, ela seria capas de ver o proprio vento ao seu redor.
-Você deve ter reparado que você mal esta conseguindo se desviar dos meus golpes não reparou? - Disse a menina ainda usando suas espadas para empurrar a Jun para longe.
Jun sorriu, isso fez com que Drik@ olhasse para trás, somente conseguiu ver Morgado sendo levantado pela telecinese do Doc e ser, literalmente, partido em dois. O seu humor mudou completamente por mais que aquilo fosse uma batalha ela não estivera com vontade de matar aquelas pessoas, mas agora isso mudara, os olhos da menina mostraram uma crueldade sádica.
-Se cure disso sua vadia- Gritou cravando sua espada no ombro direito de Jun
O grito de dor, mesmo ela podendo se curar, ela só o faria quando a lámina fosse tirada do seu ombro, mas a Drik@ preferiu deixar a espada presa ao ombro da menina, cravando com um segundo golpe a sua segunda espada no outro ombro e prendendo a garota no chão.
Doc veio em sua direção, ela teria que lutar usando apenas os punhos, mas não se importava no momento, tinha parada de pensar "no que fazer" e estava se concentrando em apenas "fazer".
-Eu não gosto de machucar meninas...Mas não gostei do que você fez com minha querida filhinha ali - Doc apontou para a menina presa ao chão com uma lamina presa em cada ombro.
-Então vem....Eu vou acabar com você.
Doc sorriu ao ouvir a voz da menina, pelo visto ela não sabia quem ela estava desafiando.

*Caverna Hien*

-Pronto aqui você ficará a salvo - Night falou para Jubs, deixando-a no inicio da caverna.
-Mas eles prescisam de ajuda...Aqueles três nunca vão vencer o Doc
-Nossa você realmente fala como um Mindbreak......"aqueles três" - Falou Night ainda flutuando - Você não sabe do que eles são capazes, e além do mais...Fique aqui quietinha eu vou voltar pra ajudar eles.
-Espera....Eu tenho que ajudar..Vamos voltar juntos - A garota falou com suplica em sua voz.
-Não...Você não prescisa ver o que vai acontecer lá - Ao falar isso o rapaz simplesmente voa deixanado a menina no chão aos pés da montanha.

Fim do cápitulo 8
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Re: Apollo - by Morgado

Mensagem  Krieger em Qui 22 Abr 2010, 18:04

Muito foda, cara! Keep posting, please! Quero saber como acaba esta batalha logo!
Krieger
Krieger
Membro
Membro

Mensagens : 49
Reputação : 2
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 29
Localização : Uma galáxia muito, muito distante.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 9

Mensagem  [WM] Morgado em Sab 24 Abr 2010, 23:20

Capítulo 9

A volta

*Continuação*

Drik@ atacou Doc de frente, mas foi parada pela telecinese, com o mesmo poder ele tirou ela do chão.
-Pronto lindinha.....Agora.....Como você quer que eu acabe com você - Doc falou.
A menina ja estava falando um palavrão quando derrepende caiu no chão novamente, algo havia acertado Doc em cheio.
-Você não pode usar seu poder naquilo que você não encherga não é - Uma voz aparentemente sem dono falou - Olha só...Toma mais um.
So que dessa vez não deu certo, sabendo que o golpe estava a caminho Doc criou uma barreira em torno de seu corpo inteiro, Night caiu em cheio no chão gemendo de dor por ter ido direto contra a barreira do homem.
-Olha só, as formiguinhas vão aparecendo uma atrás das outras - Falou Doc ainda mostrando desdem na voz - Vocês deviam saber que é idiotice se meter com a Mindbreak....Vou acabar com vocês agora.
Drik@ e Night foram levados para o ar e lá ficaram. A pele deles começaram a receber um tom de roxo e eles estavam se debatendo no ar.
-Vou matar vocês.......Digam adeus a esse jogo - O homem dava gargalhadas enquanto falava isso.
-Ei...Não faça isso grande D...Não é legal - Falou Akira indo em direção a Doc.
Ao olhar para o garoto Doc reparou no corpo de Psylock caido no chão, eles estavam travando uma batalha mental e de alguma forma o garoto saiu vencedor. Com o choque dos acontecimentos acabou relaxando seu poder sobre os outros dois, dessa forma, eles conseguiram respirar novamente.
-Seu traidorzinho de sangue - Gritou Doc sem acreditar no que via.
Dois dos três pilares da Mindbreaker estavam no chão, Doc não podia deixar isso sair sem a devida punição.
Akira desembanhou sua adaga e foi para cima do homem, mas tambem não era forte o suficente para enfrentar Doc diretamente, então tentou se concentrar, utilizar a mesma técnica que usou contra a Psylock, mas ele ja não controlava o próprio corpo, a dor por ter seu corpo sendo elevado do chão não permitia que ele se concentrasse.
-Temos aqui um menino promissor...Mas que preferiu ficar junto com os vermes – Doc falou levantando Akira – Uma menininha insolente que late mas não morde – Drik@ voltou a colocar a mão no pescoço tentando tirar algo que não estava lá – E um fujão que acha que pode me vencer so porque fica invisível – Agora Night também voltou a se debater, mas era inutil.
-Eu vou mata-los da mesma forma que liquidei o seu amiguinho – O ar de superioridade na fala de Doc era como se tentasse ofender a todos que estavam ali.
A brisa balançou os cabelos de Drik@.
Akira sorriu, duas palavras sairam de sua boca.
-Ele voltou.

-Quem você matou Doc? - A voz era suave como se não passasse de um brisa matutina.
Os olhos do homem de terno se arregalam, Drik@, Night e Akira cairam no chão ofegantes.
-Você......Eu te matei - As palavras mal conseguiam sair da boca de Doc.
Morgado caminhou a passos lentos em direção ao homem, não havia nenhum arranhão ou sujeira em seu corpo ou em sua roupa, que era diferente da que ele usava a pouco tempo atrás, agora ele usava um manto branco parecido com roupas usadas por monges.

-Que tal eu e você resolvermos isso sozinhos? - Falou o garoto sério – Eu vou te mostrar com quantos ventos se faz um tornado.

Fim capitulo 9
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 10

Mensagem  [WM] Morgado em Seg 26 Abr 2010, 15:39

Capítulo 10

Adeus MindBreak

*Continuação*

Os olhos do Morgado não sairam nenhum segundo de seu foco, qualquer instante sem concentração e ele estaria morto, então iria passar o resto de sua vida em uma cama.
-Você tem mais truques que eu imaginei – Doc ergueu a voz para esconder a surpresa de ver o menino vivo e inteiro.
Morg continuava sua caminhada em direção ao mestre da guild Mindbreak.
-Escapa dessa agora.- Gritou Doc usuando seu poderes em no garoto.
Algo muito semelhante a um poeira saiu do garoto e foi para longe, o próprio Morgado não se mexeu nem um centímetro.
-Como você se sente ter tido seu poder completamente anulado por um "mero" elementalista? - Perguntou o garoto que continuava andando a passos lentos em direção ao homem.
Doc fez novamente o movimento com o braço, mas o garoto continuou andando em sua direção.
-Co...Como???
-Eu posso até te explicar a mecânica dos fluídos por tras do que eu estou fazendo...Mas acredito que você não entenderia - E o garoto continuava a andando, estava agora a menos de 5 metros do Doc.
Doc recuava, o medo realmente estava em sua cara, nenhum outro jogador tinha conseguido anular completamente a telecinese assim, e ele não era um level máximo, como isso podia estar acontecendo?, antes disso ele tinha sido afetado por aquele poder, como que agora simplesmente não funcionava?, era uma coisa que Doc simplesmente não conseguia entender.
-Se a telecinese não funciona com você, nelas ela funciona- Ao falar isso Doc fez duas árvores serem arrancadas do solo e voarem na direção do garoto.
As árvores se chocaram, mas sequer feriu o garoto, que continuava sua calma caminhada.
Eles estavam a 2 metros um do outro.
-Agora eu vou te mostar o que eu posso fazer de verdade – Morgado levantou seu punho direito.
Doc fechou os olhos na espera de um soco, mas ele não veio. Quando abriu os olhos so conseguiu ver que o braço direito do Morgado havia desaparecido. Ele sustentava uma posição como se estivesse dando um soco porém após o cotovelo de seu braço direito não havia nada.
Doc estava com os olhos arregalados e com a boca aberta ao perceber o real poder do garoto, ele era um logia, isso explicava tudo.
Morgado sorriu, mas não havia felicidade em seu sorriso, e sim um desejo sádico. O garoto puxou sua mão inteira de dentro da boca de Doc, ele solidificou sua mão dentro dos canias respiratórios do homem a sua frente, quando puxou seu braço o sangue jorrava da boca do homem, pos todas as suas vias respirátorias haviam sido rasgadas, e os olhos de Doc demosntraram a dor que sua voz não tinham intencisade suficiente para demosntrar.
-Drik@....Solte Jun....Mande ela curar esse merda aqui no chão- Gritou Morgado transformando sua mão em ar novamente para que o sangue do Doc saisse de seu corpo.
A garota o obeceu, e Jun foi rapidamente curar o Doc.
-Eu acho que te causei dor o suficiente....Viva....E se lembre desse dia....O dia que a Mindbreak foi derrotado por quatro vermes - Gritou Morgado para Doc, que começa a demosntrar sinais de vida novamente.
A raiva e o medo se misturavam naquela face, ele novamente se levantou para atacara os garotos, mas caiu no chão, ficou de joelhos e ouviu uma voz ao longe.
-Você tem que entender a diferença entre respeito e medo – Jubs apareceu saindo de perto do lago e indo de encontro ao seu antigo mestre com sua mão esquerda levantada na direção dele.
-Ju....Jubs – Foram as únicas palavras que sairam do hoemem que estava agora de joelhos.
-É verdade que eu nunca levantei a mão contra você....Isso não quer dizer que eu sou mais fraca...E sim que eu não queria machucar alguem que tinha me ensinado tanto - Ela continuo com seu discurso - Mas devo adimitir...Você é forte....Mas nunca vai ser capaz de me vencer com a telecinese.
O homem tentou levantar, mesmo curado seu corpo não o obedecia.
-De hoje em diante você será o mais forte da Mindbreak.......Mas so por que eu estou deixando a guild.....Adeus....E agradeço pro tudo que me ensinaram – Jubs abaixou sua mão permitindo assim que Doc recuperasse seu movimentos.
-Ei Night...Você não devia ter deixado ela em algum lugar seguro?...O que ela esta fazendo aqui? - Perguntou Akira para o garoto.
-Não culpem ele.....A outros meios de se mover rapidamente no jogo que não seja voando – Ao falar isso Jubs mostrou uma carta dourado em sua mão direita – Pessoal eu posso andar com vocês de hoje em diante?
-Nãã...Eu voto não - Brincou Drik@.
-Por mim não faz diferença - Falou Night mas também estava sorrindo.
-Não faça perguntas bobas e me da aqui um abraço – Gritou Akira abrindo os braços em direção a garota.
-Você deveria saber que eu não gosto de responder perguntas óbvias - Disse Morgado dando um abraço na menina.
-Cara....Eu te dou 100 iens se você me falar o que o Bruno ta pensando agora - Falou Night no ouvido do Akira.
-Eu bem que queria saber - Respondeu o garoto sem pensar duas vezes.
-Ué...Você não consegue ler os pensamentos dele? - Perguntou Adriana sem entender a resposta do garoto.
-Consigo ouvir os pensamentos dele sim.....Mas não entendo....Seria a mesma coisa que você conversar com alguém que fala muito...Mas MUITO rápido mesmo.....Você entende algumas palavras....Mas o contexto...Você simplesmente não consegue acompanhar a conversa.....Entenderam? - Respondeu o garoto.
-Mas no inicio do jogo você não conseguia ler os pensamentos dele com perfeição? - perguntou novamente o Night.
-É verdade...Minha teoria é que ele ainda estava se acostumando com tudo....Então estava pensando mais devagar do que pensa normalmente......Agora que ja assimilou como funciona o jogo...Eu simplesmente não consigo acompanhar.....Claro a menos que ele queira que eu consiga entender....- Disse o garoto de cabelo azul.

Fim capítulo 10
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 11

Mensagem  [WM] Morgado em Ter 27 Abr 2010, 10:11

Capítulo 11

Festa

*Dia seguinte...14:20...Taberna Baldur's Gates*

-Finalmente vocês voltaram da escola....Como que foram lá - Perguntou Morgado sentado em uma cadeira no canto do bar.
-Você não vai acreditar....Todos passamos \o/ - Falou Marcus com um sorriso em sua face.
-Até EU passei....Cara EU passei \o/ - Falou Akira dando pulos.
-Até você passou - Falou Drik@ puxando uma cadeira do lado do garoto e sentando.
-Perai....Mas eu não fiz prova nenhuma – Respondeu Morgado sem entender nada.
-Acho que os professores não prescisam corrigir a sua prova pra saber que nota você tirou....Sempre são as mesmas.....Seu CDF desgraçado - Falou Night que apareceu, literalmente, do nada.
Todos riram.
-So queria fazer uma pergunta....Aquilo que aconteceu ontem....Por que você demorou tanto pra voltar? - Perguntou Drik@ retirando um pano de seu bolso e someçando a limpar suas espadas.
-Bem....O cara rasgou minhas roupas quando me partiu em dois....Eu fui voando pra comprar roupas novas - Novamente ele falava como se aquilo fosse a coisa mais óbvia do mundo- Não iria ter uma impressão legal eu aparecer vivo estando pelado.
-Tá você voou até a cidade mais próxima e voltou com uma roupa que parece mais a toalha de mesa da casa do Akira? - Falou Night rindo.
-É parece mesmo- Akira rindo falou – Eiiii...A toalha de mesa la de casa é bonita!
Todos riram novamente.
Adriana parou de limpar sua arma, apontou a lámina para o peito do Morgado e falou calmamente
-Você deixou agente quase morrendo lá....Para ir comprar uma roupa IDIOTA?
Os risos pararam.
-Tecnicamente sim – Respondeu o garoto agora abaixando a cabeça – Mas pera ai que tem mais coisas....No meio do caminho eu achei isso - O garoto retirou um saquinho de couro de dentro de sua camisa - No meio do caminho tinha uma mina dessas pedras vermelhas brilhantes são parecidas com rubis.
-Tá você quase deixou agente morrer mas pelo menos conseguiu umas pedras IDIOTAS?? - Falou a menina ainda apontando a ponta da lámina para o peito do Bruno.
-Não são pedras idiotas....Eu perguntei na cidade....Elas valem muito dinheiro...Eu to rico - Ao falar isso o garoto levanta os braços comemorando.
Marcus coloca a mão na cabeça e fala.
-Esse é o terceiro dia do cara no jogo, e ele acha que ta rico......Que Noob.
O grupo todo riu.
-Pera ai pessoal eu tenho que ir ali um minutinho....Aquela gata ta pensando que eu sou lindo – Interropeu Akira – Night aquela outra la no canto gostou de você....Chega junto.
-Akira....Ela ta pensando que você é lindo....Ou você ta fazendo ela pensar isso? - Perguntou Doom que acabara de chegar na taberna.
-Bem....Teoricamente não faz muita diferença - Após falar isso Akira sai correndo em direção a menina, Night segue o conselho do garoto e também vai em diração a menina que o amigo o apontara.
-E ai Doom...por que demorou tanto pra entrar no jogo? - Perguntou Morgado puxando uma cadeira pro amigo sentar.
-Bem...Eu ja estava no jogo....Estava testando umas coisas novas - Respondeu o amigo.
Night voltou à mesa com uma marca vermelha no seu rosto.
-Eu ainda mato o Akira - Resmungou o garoto que acabara de sentar.
-Você devia ter aprendido que ele só estava te sacaneando - Falou Drik@ entendendo tudo que aconteceu.
-Ham?? O que que aconteceu? - Falou Jubs que estava abraçada com o Morgado.
-Ele tomou um toco...E pelo visto um tapa - Falou Morgado rindo da situação.
Foi quando Morgado perdeu sua atenção nos amigos e reparou em um gato estranho entrado no lugar. Ele possuia marcas tribais em todo o corpo e seus olhos em fenda pareciam procurar alguma coisa ou alguem no recinto.
-Morgado acorda - Falou Night estalando os dedos na frente da face do jovem - O que foi que prendeu sua atenção dessa vez?
Quando o garoto parou para olhar novamente o animal, ele não estava lá.
-Nada não - Respondeu o Bruno dando um novo abraço na mais nova integrante do grupo.


Fim Capítulo 11
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Nota do Autor ^^

Mensagem  [WM] Morgado em Ter 27 Abr 2010, 10:14

Bom pessoal....Com isso termino a "primeira temporada" do Apollo
A partir de agora que a verdadeira historia começa.
vou dar uma folga de uns dois dias e começarei a postar a continuação ^^
Agradeço a todos que leram até aqui....E espero que continuem lendo ^^
Comentem por favor...^^
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Re: Apollo - by Morgado

Mensagem  Krieger em Qua 28 Abr 2010, 11:23

Muito foda, cara. Isso tá ficando cada vez melhor! Quero ler a continuação logo.
Krieger
Krieger
Membro
Membro

Mensagens : 49
Reputação : 2
Data de inscrição : 13/04/2010
Idade : 29
Localização : Uma galáxia muito, muito distante.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 12

Mensagem  [WM] Morgado em Sex 30 Abr 2010, 10:20

Capítulo 12

Acontecimentos

*Apollo....Montanha Durin.....00.30*

Uma menina de cabelos loiros andava sozinha em direção ao cume da montanha.
-Um menina não devia estar andando sozinha por aqui - Um jovem falou saindo de dentro de uma caverna próxima à menina.
-Quem é você?? - pergunta a menina levando um susto ao ver o rapaz.
-Vai falar que você ja me esqueceu Miyu?....Mas nós eramos tão próximos - Falou o garoto ainda com seu tom de voz serene.
-Irrr......Irmão??.....Isso não tem graça....Me fale quem você é? - Gritou a garoto deixando transparecer o ódio em sua fala.
-Miyu...Minha querida...Eu sou seu irmão....Quem mais eu poderia ser? - Respondeu o Garoto se aproximando ainda mais da menina.
-Você não pode ser o Raito....Ele morreu a uma semana...Se você não mostrar quem você é de verdade eu vou....- Gritou a Miyu.
-Vai fazer o que sua menininha mimada? - Uma mulher ruiva com duas tranças que iam até o meio de suas costas apareceu da mesma caverna que saiu Raito.
-Você?? - Miyu começou a correr.
Mas quando virou as costas viu que continuava olhando de frente para os dois, não importava para onde ia, ela simplesmente não saia do lugar.
-Por favor....Não va embora....Eu quero apenas conversar com você....Quero apenas encontrar o meu coração denovo – Um terceiro homem falou saindo de dentro da caverna, ele estava todo emcapuzado e coberto de roupas negras.

*Mesmo dia.....Casa do Morgado.....9:20*

-Ai Morgado você viu o jornal hoje? - Perguntou David sentando em uma cadeira ao lado da cama do garoto.
-Não...o que aconteceu? - Respondeu o garoto.
-Apollo esta em serias dificuldades, vamos por assim - Falou Marcus que havia chegado junto com David na casa do garoto.
-Como assim? - Indagou o Bruno
-Existem algum players que estão se matando por causa do jogo - Respondeu David.
- E por que isso faria o jogo ter dificuldades? - Perguntou Bruno.
-Bem....É que não são suicidios normais.....Há relatos que algo no jogo esta fazendo eles ficarem loucos.....Alguns dizem que alguns jogadores estão fazendo isso - Continuou David.
-O jogo será proibido caso isso continue - Falou Marcus de cabeça baixa.
-Mas o jogo não pode ser proibido...O que agente pode fazer para impedir isso? - Perguntou o garoto inquieto, o jogo havia sido sua única fonte de felicidade nos últimos dias, como ele poderia se acustumar a ser apenas um garoto que não podia sequer sair de sua cama sem a ajuda de alguém?
-Bem eu loguei agora mais cedo pra ver o que tava acontecendo lá dentro – Falou Marcus – Os GMs falaram de uma menina que se matou durante esse madrugada.....O nome dela na vida real era Mariana.....Seu personagem era Miyu....Eles vão realizar os desejos de quem conseguir capturar, ou matar as pessoas responsáveis por isso.
-Responsáveis?.... São mais de um? - Perguntou Morgado agora tentando manter a calma.
- Antes de se matar, um rapaz, algum tempo atrás, conseguiu falar três palavras antes de morrer no jogo....E depois ele se matou aqui fora...Eris...Loki.....Set....Todos no jogo acreditam que esses são os nomes dos responsáveis...Na época niguem deu muita bola para o que aconteceu.....Mas agora mais de dez pessoas ja se mataram – Falou David.
-Então tudo que temos que fazer é caça-los?...Isso não será tão dificil - Falou Morgado tentando parecer otimista.
-Bem....A Justiça vai demorar 3 meses com toda a papelada de proibição....Então se formos caçar esses desgraçados prescisamos começar agora – Falou Marcus.
-Então vamos jogar - Após falar isso Bruno pediu para David colocar a tiara e os óculos em sua face e eles entraram no jogo.

Fim Capítulo 12
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 13

Mensagem  [WM] Morgado em Sab 01 Maio 2010, 16:47

Capítulo 13

Torneio dos Novatos

*Mesmo dia.....Apollo....Portão Principal de Baldur....10:00*

Morgado estava sozinho esperando a chegada de seu amigos quando uma voz conhecida falou perto dele.
-Olá....Não está batendo a cabeça em nenhuma árvore hoje não? - Perguntou uma menina de cabelos vermelhos saindo da cidade.

-Roberta....Como você está?...Do jeito que você sumiu aquele dia pensei que não iria te ver tão cedo – Falou o garoto dando um abraço na menina.
-Eu realmente pensei que ela não iria aparecer tão cedo – Falou Jubs se aproximando dos dois.
-Eu soube que você saiu da Mindbreak......Pelo visto você é mais legal do que eu imaginei- Roubs disse olhando para a menina que acabara de chegar.
-Viu eu disse que ele ja estava aqui – Uma voz longe foi ouvida e Akira, Drik@ e Night apareceram chegando perto dos amigos.
-Roubs deixa eu te apresentar meus amigos...Agente ia fazer uma pequena reunião para descidirmos alguns detalhes....Você quer participar? - Falou Morgado apresentando os três amigos que chegaram.
-Vocês também vão caçar os três Deuses? - Perguntando isso a menina sorriu.
-É tão obvio assim? - Falou Marcus saindo de dentro da cidade.
-Todos no jogo estão fazendo isso....Claro que é obvio – Falou Doom que estava do lado do Marcus.
-Bem se vocês vão caçar eles ....Eu topo......Eu também tenho que mostrar algumas coisas pra eles – Falou Roberta apertando a mão de Marcus e de Doom.
Morgado perdeu seu foco na conversa, o mesmo gato que ele vira na taberna estava ali próximo, olhando todos ao redor. Após alguns instantes o barulho de assas começou a ser escutado. Um Dragão feito de ossos pousou perto deles.
-Um dragão??? - Falou em unissono todos na reunião.
-Calma calma....Ele é um amigo - Falou uma voz em cima das costas do dragão.
Alucard, Val-chan e uma menina morena de cabelos cacheados usando uma camisa laranja e uma calça jeans básica saltaram das costas do dragão.
-Foi mal a demora....Estavamos termiando uma missão....Finalmente somos leveis máximos - Falou Alu, e com um movimento de mão chamas negras consumiram o dragão fazendo ele desaparecer completamente - Ahhh....Eu tava me esquecendo....Essa é a Krol....Ela é uma amiga.
-Pessoal agente vai caçar os idiotas não vamos - Falou Val sendo acompanhado por sussuros de "sim" – Mas vocês não podem se esquecer do torneio dos novatos.
Todos ficaram quietos, eles tinham se esquecidos conpletamente do torneio.
-Torneio de quem? - Perguntou Morgado sem entender nada direito.
-Bom a cada semestre é realizado um torneio entre os novatos....Isso é ....As pessoas que conseguiram level máximo em menos de dois meses – Explicou Jubs.
-Cada pessoa do time vencedor tem direito a pedir um item raro para o GM responsável pelo evento - Continuou Roubs - Conseguir esses itens podem nos ajudar muito a encontrar eles.
-Então vamos participar ué – falou Morg
-Bem nós vamos participar.... Mas você tem um pequeno problema – Falou Akira.
-Você não é level máximo Morg – Falou Night – E também não tem equipe.
-Ué como assim não tenho equipe...E vocês? - Perguntou Bruno.
-As equipes são de três pessoas.....Eu, Night e Akira somos uma equipe formada – Falou Drik@
-E eu Alu e a Krol somos outra – Falou Val-chan.
-Jubs?- Perguntou o garoto.
-Eu sou a terceira do rank lembra?....To longe de ser uma novata - Respondeu a menina.
-Roubs? - Insistiu o garoto.
-Bem eu sou a setima do rank......Também não sou uma novata – Ela respondeu.
-Doom e Marcus??? - Continuou ele sem desistir.
-Bem...Nós fomos os primeiros do nosso grupo a começar a jogar....Já estamos no level máximo a uns quatro meses.....Então.....Também não podemos participar – Respondeu Doom.
-Eu presciso de uma equipe então!! - Falou o garoto.
-Cara você não é level máximo......E demora mais ou menos uns dois meses de jogo direto para você conseguir chegar lá, as incrições do torneio terminam em 15 dias......É impossivel você conseguir chegar no nivel máximo até lá.
-Mas eu quero participar desse torneio - Falou o garoto.
-Você participa do próximo lindo...Eles vão ganhar concerteza....Ai agente começa a caçar os Deuses – Falou Jubs abraçando o Morgado.
-Eu não desisti ainda....Tem que ter um jeito - Morgado disse.
Quando terminou sua frase ele olhou para o lado, o gato que continuava perto deles, ele não tirava os olhos do grupo deles.

Fim capítulo 13
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 14

Mensagem  [WM] Morgado em Dom 02 Maio 2010, 22:56

Capítulo 14

Blefe

*Mesmo dia....23:30....Baldur's Gates*

-Bem pessoal amanha eu acordo cedo....Tenho que ir – Falou Marcus despedindo de seus amigos no bar e desaparecendo, ficando assim só Jubs, Morgado, Akira e Roubs ainda logados.
-Bem eu vou no balcão pedir algo pra beber daqui a pouco eu volto – Após falar isso Roubs saiu de perto dos novos amigos e foi se sentar em frente ao balconista da taberna.
-Pessoal daqui a pouco eu volto...Vou lá conversar com a Roubs – Falou Akira indo em direção a menina que acabara de sair.
-E ele ataca denovo – Brincou Jubs rindo.
-Bom enfim estamos sozinhos – falou Morgado dando um beijo em Jubs.
-Ahh.....Antes que eu me esqueça....Eu não dou mole pra qualquer garçon que lança um sorriso pra cima de mim não hem – Falou a menina ainda sorrindo.
Morgado riu quando ouviu a menina e falou.
-Muito bom ouvir isso, então o que eu tenho de especial? Meu sorriso torto? - Perguntou o garoto ainda sorrindo.
-Sinceramente....Não sei.....Só gostei de você- Falou Jubs abraçando o garoto.

-Bem ....Você tem amigos bem engraçados – Falou Roubs quando Akira estava se aproximando dela.
-Ué eles são seus amigos também....Você é uma de nois agora não é? - Falou o garoto de cabelos azuis sorrindo como sempre.
-Sim e não.....Ainda não me sinto muito a vontade com vocês....Mas acho que é so questão de tempo – Falou a menina retribuindo o sorriso.
-Então você é a setima mais forte do rank.....Nossa......Não esperava encontrar pessoas tão fortes assim no jogo tão rápido – Continuou o garoto – O que você acha da gente dar uma volta pra você me mostrar do que você é capaz?
-Isso foi uma cantada ou foi só impressão minha? – Falou a menina olhando séria para o garoto.
-Bem depende.....Se for uma cantada....O que você responde? - Ele falou.
-Quer saber....Vamos nessa - A menina falou segurando a mão do garoto e levando ele para fora do bar.

-Olhá só....Seu amigo deu sorte dessa vez – Falou Jubs quando viu Akira e Roubs saindo do bar – Lindo....Eu vou ter que deslogar....Amanha eu acordo cedo pra ir naquela apresentação de canto que eu estava te falando....Poxa queria tanto que você fosse me ver cantando.
-Ué...por que eu não iria? - respondeu o menino – Criaram a cadeira de rodas por um motivo....O Akira pode me levar na sua apresentação.
-O Akira te levar? - Perguntou ela não entendendo porque o garoto citou o amigo.
-Bem...Intimidade é uma merda.....Depois do meu acidente ele ta quase que morando lá em casa.....Você não reparou que sempre que você vai lá em casa ele está lá? - Falou o garoto.
-Eu reparei...Mas pensei que ele morasse perto ou algo do gênero – Continuou ela.
-E mora....Ele mora na mesma rua só que algumas casas mais na frente....Só que ele ainda prefere ficar lá em casa a maioria do tempo – O garoto disse.
-Tudo bem então.....Eu ficaria muito feliz se vocês pudessem ir na minha apresentação....Vou ficar procurando vocês lá na platéia – Ao falar isso deu um beijo no garoto e saiu do jogo, deixando Morgado sozinho na mesa do bar.

Um Barulho no balcão chamou a atenção de Morgado, quando ele olhou para lá, viu que um homem com capa negra, cabelos também negros, barba mal-feita, e com um sorriso torto, falava com o balconista.
-Você acha mesmo que eu vou pagar isso tudo? Você faz alguma idéia de quem eu sou? Eu sou o melhor amigo de um dos três Deuses – Quando o homem mencinou esse nome todos no bar se calaram – Você vai deixar de graça.....Ai eu não vou mandar meu amiguinho vim aqui matar todos vocês desse maldito bar – O homem colocou o capuz sobre o rosto e saiu as pressas do bar, enquanto caminha para a porta giratoria do bar ele reparou em uma mesa vazia, ele jurava que tinha visto um garoto naquela mesa, um garoto de cabelos brancos.

O homem andava pela cidade na calada da noite quando ele foi puxado para dentro de um beco sem saída.O garoto de cabelos brancos que estivera no bar estava fitando-o enquanto segurava em sua gola para mante-lo na parede.
-Bem.... Eu sei que você não é amigo de nenhum dos "Deuses"....Só um estúpido acreditaria em um blefe desses......Mas para ter a coragem de usar esse nome em público você deve saber de algo – Falou Morgado olhando nos olhos do homem a sua frente – Me conte tudo que você sabe.
-Cara isso é so um jogo....Você pode me matar se você quiser...Eu simplesmente vou acordar em casa sem nenhum arranhão – Falou o Homem fingindo o sorriso, mas o medo era facilmente percebido em sua voz.
-Eu não tava pensando em te matar....Mas a dor que você sente nesse mundo você sente de verdade....Que tal você me falar?....Se não eu vou fazer você preferir que eu te mate.
O medo se estampou na cara do homem.
-Eu não sei de nada...Eu juro - Choramingou o homem.
-Ele não sabe de nada...Ele tá falando a verdade – Uma criança caminhando sai dos fundos do beco.
Morgado antes de puxar o homem para aquele canto tinha usado o vento para sentir tudo que estava naquele beco, e lá so tinha uma forma de vida, um cachorro deitado perto de uns caixotes no canto do beco. Ele usou novamente o vento para sentir o que tinha no beco além das três pessoas, o cachorro não estava lá.

Fim capítulo 14
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Capítulo 15

Mensagem  [WM] Morgado em Seg 03 Maio 2010, 14:24

Capítulo 15

Artemis Fowl

*Continuação*

A criança andava a passos lentos em direção ao garoto de cabelos brancos que segurava o homem pelo pescoço.
-Eu também vi o que ele fez....Vim tirar satisfações também....Mas ele ta falando a verdade quando diz que não sabe de nada - Falou o menino parando a uns 2 metros do garoto.
Ele tinha aparêcencia de um garoto de treza anos, possuia cabelos castanhos claro, não usava camisa, era possivel ver as tatuagens tribais em todo seu peito e no seu rosto, usava um short que parecia ter sido feito de pêlos de animais, e tinha um ar sinistro em volta dele.
-Qual é o seu nome garoto? - Perguntou Morgado deixando o homem cair no chão.
Após a queda o homem saiu correndo deixando a criança e o garoto sozinhos no beco.
-É mais educado falar nosso nome antes de perguntar os dos outros – Falou o garoto de maneira rispida.
-Morgado...Bruno Morgado...Você também está caçando os Deuses não é?
-Fowl.....Artemis Fowl....E o que eu faço ou o que deixo de fazer não é da sua conta – Continuou o garoto com aquele ar de superioridade.
-Essa resposta é como um sim para minha pergunta...Por que você não me conta o que já descobriu e eu te conto o que eu já descobri e podemos caçar esses desgraçados? - Falou o Morg.
-Você realmente acha que eu sou um idiota....Eu não presciso de ajuda para caçar eles....E você não tem informação nenhuma sobre eles....Como você acha que pode me ajudar? – Artemis continava falando tentando fazer o garoto a sua frente parece um completo idiota.
-Eu posso acabar com eles....Coisa que eu acredito que você nunca iria conseguir sozinho – Falou Morg usando do mesmo ar de superioridade que a criança a sua frente usava.
Artemis riu, mas não foi um riso de felicidade ou simpatia, foi algo terrivel, como o sorriso de uma hiena antes de devorar sua presa.
-E você faz essa afirmação em cima de quais dados? Você sabe qual é o meu poder? - Fowl falou.
-Trasfiguração animal.....Eu ja te vi andando na cidade algumas vezes na forma de um gato....E ainda a pouco você estava na forma de um cachorro – Respondeu Morgado com um sorriso triunfante no rosto.
-Ohhh....Não é que esse elementalista do vento sabe pensar? - Falou Fowl utilizando de um sorriso triunfante também.
Morgado parou de sorrir.
-Co....Como? - Gaguejou o garoto.
-Primeiro....A temperatura em volta do seu braço direito aumentou em dois graus centigrados pela concentração de uma massa de ar quente.....Segundo...Eu consigo sentir a brisa que emana do seu corpo - Falou Fowl ainda com o sorriso em seu rosto.
-E você acha que meu poder é apenas isso? - Perguntou Morg tentando tomar o controle da situação.
-Bem você é um Logia também.....Não que isso faça diferença de como eu vejo as coisas – Falou Fowl – As pessoas podem pensar que você simplesmente usa o vento pra te impulsionar e fazer você andar mais rápido....Mas na verdade seu corpo se transforma em vento...Isso aconteceu quando você puxou aquele merda para dentro desse beco.
-Olha não é que o metade burro também tem alguns neurônios? - Falou Morgado agora sorrindo, ele havia encontrado alguem, talvez, com um pensamento tão rápido quanto o dele, e com sentidos tão afiados quanto os de Drik@. Aquele garoto era uma pessoa que Morgado não queria ter como inimiga.
-Mas vamos deixar a conversa por aqui...Você não tem nada para me oferecer Morgado – Falou Fowl virando as costas.
-Eu falei para você me contar o que você sabe – Ao falar isso Morg fez com que o vento soprasse.
Artemis ja estava de costas quando sentiu em seu braço direito uma pressão, o garoto as suas costas tinha feito uma corrente de vento agarrar o seu braço impedindo ele de se movimentar, mas não seria tão fácil parar os movimentos do Fowl.
O rosto do garoto sumiu, quando Morgado olhou para baixo um Lobo o encarava, rosnando. O lobo deu o bote, mas não acertou nada.
-Você prescisa ser mais rápido se quiser me acertar – Falou Morgado, mirando um soco bem no meio da cabeça do lobo.
Mas seu soco não acertou nada, o lobo não estava mais lá, ao invés disso uma serpente subia em seu braço.
-Você prescissssa ser mais flexxxxivel se você quisssser me assscertar – Sibilou a serpente.
Morgado usou uma rajada de vento para mandar a cobra voando, ela saiu do seu braço, mas uma asa começou a bater, não havia mais um serpente e sim uma águia indo com tudo para cima do Morgado. O garoto colocou seu braço na frente do rosto e foi o seu braço que a águia rasgou com suas garras, só que sangue não caiu no chão, tudo que saiu do braço dilacerado do Morgado foi fumaça.
-Nós vamos ficar nisso o dia todo – Falou Morgado enquanto seu braço se reagrupava.
-Bem...Você pode desistir se preferir seu cabeça de vento - Falou Artemis voltando a forma de criança.
-Você deve ter percebido que não pode me vencer....Mas te dou a proposta denovo....Me ajude a matar esse caras – Falou Morgado ainda em posição de batalha.
-Aé?.....E o que você faria para derrotar eles?...Mandaria ventinho pra bagunçar os cabelos deles? - Falou Fowl.
-Eu faria tudo que fosse possível – Falou o garoto.
-O possível não é o bastante....Não....Não é o bastante – Morgado conseguiu perceber ódio nos olhos do menino enquanto ele falava isso.
Após falar isso Fowl voltou a se transformar em águia e subiu voando saindo do campo de visão do Morgado.

Fim Cápitulo 15
[WM] Morgado
[WM] Morgado
Admin
Admin

Mensagens : 145
Reputação : 4
Data de inscrição : 11/04/2010
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apollo - by Morgado Empty Re: Apollo - by Morgado

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum